Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Existe faculdade em Portugal para brasileiros, e são ótimas opções. Se você está planejando fazer um curso superior fora do Brasil em 2022, terá vantagens ao escolher Portugal, e não só por causa da facilidade do idioma.

Com uma faculdade de Portugal no currículo você encontra mais portas abertas no mercado de trabalho e absorve experiências únicas que vão agregar em todas as esferas: pessoal, estudantil e profissional.

Veja agora tudo o que precisa saber para começar a planejar uma nova etapa da sua vida, começando seus estudos em uma graduação em Portugal.

Como fazer Faculdade em Portugal?

Para quem nunca estudou ou morou fora do Brasil, a grande dúvida é sobre quais são os primeiros passos a dar. No caso de querer fazer uma faculdade em Portugal, atente-se a estes pontos importantes:

Pesquise muito e escolha a faculdade

Por mais que listamos aqui algumas das melhores faculdades em Portugal, você deve fazer uma pesquisa mais aprofundada nos sites das faculdades do seu interesse.

Procure pelo curso desejado, leia as grades curriculares e conheça melhor os campis, por fotos e vídeos.

Faculdade em Portugal para brasileiros como fazer em 2022
Faculdade de Coimbra, Portugal (Foto Turista Profissional)

Veja os custos mensais da faculdade e de vida na cidade

Leve em consideração, também, a cidade onde está localizada a faculdade da sua escolha. Isso porque algumas cidades portuguesas têm custo de vida mais alto (as maiores), e você terá que se preparar quanto a isso.

E veja quanto é que vão custar as propinas (anuidades/mensalidades) do seu curso, e outros custos no dia a dia, como alojamento, refeições, materiais de estudo e afins.

Algumas universidades disponibilizam informações bem detalhadas para estudantes brasileiros que queiram morar nas repúblicas estudantis, com custos inclusos e extras, como são as acomodações, entre outros.

Atente-se aos prazos para sua candidatura

Lembre-se que, em Portugal, o ano letivo é diferente do Brasil por causa das estações do ano. As aulas em Portugal começam em setembro e vão até janeiro – primeiro semestre – e o segundo semestre vai de fevereiro a junho. As férias ocorrem no verão europeu. Os meses de calor são julho, agosto e setembro.

Com datas diferentes do Brasil, você precisa estar atento ao calendário letivo português. Normalmente, o período de inscrição e seleção é entre abril e junho, mas dependendo da faculdade de Portugal, esse período pode começar antes. Então, é um processo que leva meses e você deve começar a se preparar desde já. 

Separe os documentos necessários para a candidatura

Assim como ocorre com as datas das etapas da candidatura – que podem variar conforme a faculdade em Portugal, os documentos solicitados podem não ser exatamente os mesmos em todas as instituições. Mas, para ter uma ideia, você poderá precisar de:

  • Declaração de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa, nem está abrangido por nenhuma das condições que impedem a candidatura ao concurso, e de que está na posse dos pré-requisitos, caso sejam exigidos; 
  • Comprovativo do resultado no Enem; 
  • Documento comprovativo da conclusão do ensino médio brasileiro; 
  • Fotocópia simples do documento de identificação, que pode ser passaporte e carteira de identidade;
  • Seguro Saúde;
  • Comprovativo de vacinas (principalmente antitetânica).

 Solicite seu visto

Se você não tem nacionalidade portuguesa nem de outro país da Europa, vai precisar de um visto de estudante para fazer faculdade em Portugal.

Assim que a sua candidatura for aceita na faculdade da sua escolha, você deverá pegar os documentos de aceitação, procurar por uma assessoria especializada e dar entrada no seu visto o quanto antes. Falaremos adiante sobre os tipos de vistos para estudar em Portugal.

Prepare-se para sua mudança de país

Com aceitação na faculdade em Portugal, e com o visto pronto, é hora de se concentrar nos detalhes para sua mudança. Passaporte, passagem de avião, endereço de onde vai ficar assim que chegar no país e dinheiro reservado. Organize tudo isso, e siga todas as recomendações que receber do seu advogado para quando desembarcar em Portugal. 

Quais são as faculdades de Portugal que aceitam brasileiros?

Não há restrições quanto à aceitação de estudantes brasileiros nas faculdades portuguesas. Todas aceitam, embora os processos de aceitação possam ter diferenças de uma instituição para a outra. Por exemplo, quando você chega para estudar sem nota do Enem e sem Bolsa de Estudos, vai pagar praticamente o dobro nas mensalidades por ser estrangeiro. 

Quais as faculdades em Portugal que aceitam o Enem?

A primeira instituição a aceitar a nota do Enem como forma de ingresso no ensino superior foi a Universidade de Coimbra, em 2014, e a mais recente foi a Universidade Nova de Lisboa, em 2021. Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas.

Atualmente, a lista de institutos politécnicos e faculdades de Portugal que aceitam a nota do ENEM inclui 51 instituições:

  1. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário
  2. Escola Superior Artística do Porto 
  3. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra 
  4. Escola Superior de Saúde do Alcoitão 
  5. Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa 
  6. Instituto de Estudos Superiores de Fafe
  7. Instituto Leonardo da Vinci 
  8. Instituto Politécnico da Lusofonia 
  9. Instituto Politécnico da Maia 
  10. Instituto Politécnico de Beja 
  11. Instituto Politécnico de Bragança 
  12. Instituto Politécnico de Castelo Branco 
  13. Instituto Politécnico de Coimbra 
  14. Instituto Politécnico de Guarda 
  15. Instituto Politécnico de Leiria 
  16. Instituto Politécnico de Portalegre 
  17. Instituto Politécnico de Santarém 
  18. Instituto Politécnico de Setúbal 
  19. Instituto Politécnico de Viana do Castelo 
  20. Instituto Politécnico de Viseu 
  21. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave 
  22. Instituto Politécnico do Porto
  23. Instituto Português de Administração de Marketing de Lisboa
  24. Instituto Português de Administração de Marketing do Porto
  25. Instituto Superior de Gestão
  26. Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia 
  27. Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém 
  28. Instituto Superior Dom Dinis
  29. Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes 
  30. Instituto Universitário da Maia 
  31. Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida 
  32. Instituto Universitário de Lisboa 
  33. Universidade Autônoma de Lisboa 
  34. Universidade Católica Portuguesa 
  35. Universidade da Beira Interior 
  36. Universidade da Madeira 
  37. Universidade de Algarve 
  38. Universidade de Aveiro 
  39. Universidade de Coimbra 
  40. Universidade de Lisboa
  41. Universidade do Minho 
  42. Universidade do Porto 
  43. Universidade dos Açores 
  44. Universidade Europeia 
  45. Universidade Fernando Pessoa 
  46. Universidade Lusíada 
  47. Universidade Lusíada-Norte 
  48. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias 
  49. Universidade Lusófona do Porto 
  50. Universidade Portucalense 
  51. Universidade Nova de Lisboa

Exceções na nota do ENEM

Entretanto, para os cursos de graduação na área da saúde, a nota do ENEM não é válida. Se você pretende estudar Medicina, Medicina Veterinária ou Odontologia, por exemplo, o procedimento é diferente. É preciso morar em Portugal por 2 anos e fazer o Concurso Nacional.   

Faculdade em Portugal para brasileiros como fazer em 2022
Faculdades em Portugal

Como se candidatar à faculdade em Portugal pelo Enem?

Para saber quais os cursos de graduação em Portugal que aceitam a nota do Enem é preciso consultar o regulamento da instituição do seu interesse.

Isso porque cada uma pode atribuir uma nota e um peso para o resultado do Enem. A lista de documentos necessários também pode variar de uma universidade para a outra. 

Inclusive, até dentro da mesma faculdade a nota de classificação mínima para ingresso pode variar, conforme o curso escolhido, desde 100 pontos até mais de 500 pontos.

Outro aspecto bem importante a saber é sobre as condições para poder usar a nota do Enem na hora de fazer uma graduação em Portugal.

Estão aptos a aproveitar as notas do Enem apenas os brasileiros que tenham concluído o Ensino Médio brasileiro e não tenham nacionalidade portuguesa ou de algum estado membro da União Europeia.

Além disso, o candidato não pode residir legalmente há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em Portugal. E o candidato já deve ter o Ensino Médio concluído antes da submissão da candidatura, independente do ano de conclusão.

Já o aproveitamento do resultado Enem é variável. Pode ser que uma faculdade em Portugal exija que o exame tenha sido realizado no mesmo ano da candidatura, e outra vai permitir que sejam aproveitados resultados de até 3 anos anteriores.

Qual o visto para morar e estudar na faculdade em Portugal?

Para conseguir um visto para estudar em uma faculdade de Portugal, o aluno precisa, primeiro, ter a aprovação e a matrícula na instituição escolhida.

Depois é só reunir a documentação necessária e solicitar o visto perante o Consulado. Uma vez em Portugal, será necessário pedir a respectiva Autorização de Residência no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Se você já estiver em Portugal, é possível realizar o pedido diretamente no SEF, se reunir os requisitos.

Os brasileiros que pretendem estudar em uma das universidades de Portugal podem tirar o Visto D4, D5 ou E9. Cada um possui uma finalidade específica:

Visto D4

Esse visto pode ser solicitado por estrangeiros com matrícula ou carta de aceitação de instituição de ensino em Portugal. Portanto, para solicitação deste visto você vai precisar ter em mãos a matrícula ou a carta de aceitação de uma faculdade em Portugal.

Então, você deve contratar um advogado especializado para analisar seus documentos de estudante, preencher o termo de responsabilidade financeira e dar todas as instruções necessárias. Veja todos os detalhes.

Visto D5

Outra opção de visto para fazer faculdade em Portugal é o D5. Esse é o Visto de Residência no Âmbito da Mobilidade dos Estudantes do Ensino Superior. Serve para aqueles que já estão estudando na Europa e querem residir e estudar em Portugal.

Se você já faz algum curso de nível superior em um país da União Europeia há menos de 2 anos, e quer transferir seus estudos para Portugal, esse visto é o indicado. Leia nosso artigo com os detalhes sobre o visto D5.

Visto E9

Quando o visto é da modalidade “E”, significa que ele serve para permanência de até 12 meses em Portugal. É um visto temporário, voltado para aqueles que pretendem frequentar curso em estabelecimento de ensino ou de formação profissional.

O principal requisito para solicitar o visto é ter sido aceito ou aprovado em um curso de formação profissional ou faculdade em Portugal.

E assim como para os outros vistos, recomendamos que você contrate os serviços de uma assessoria para não ter de lidar com todas as burocracias e tornar o processo muito mais complexo do que pode ser.  

Qual o preço para fazer faculdade em Portugal?

A primeira coisa a ter em mente ao pensar em fazer faculdade em Portugal é que vão ter custos. Mesmo as faculdades públicas têm custos, diferente de como funciona nas instituições federais brasileiras. 

Preço de graduação em faculdade pública em Portugal

Como já mencionado, existem preços diferentes para estudantes nacionais e estrangeiros no caso das universidades públicas, devido ao subsídio do Governo.

Para os estudantes portugueses, o teto estabelecido pelo Governo é de € 697 por ano, e cada instituição pode trabalhar abaixo disso. Mas, para estrangeiros, a anuidade pode ser dez vezes mais cara.

Ainda que tenha que pagar mais caro, o estudante brasileiro pode parcelar a propina (dependendo de cada instituição).

Algumas universidades oferecem mais uma vantagem. Os alunos brasileiros (e de outros países que falam português) podem conseguir até 45% de desconto por fazerem parte da CLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Então, os preços variam conforme a instituição, o curso e a situação do estudante. Mas, para ter uma média, veja o custo anual, mais barato e mais caro, de três instituições mais procuradas:

  • Universidade do Porto – de € 1.925 a € 3.300 por ano;
  • Universidade de Lisboa – de € 3.000 a € 12.500 por ano;
  • Universidade de Coimbra – de € 3.000 a € 7.000 por ano;

Preço de graduação em faculdade privada em Portugal

No caso de escolher uma graduação em Portugal que seja em faculdade privada, você não vai esbarrar nessa questão das grandes diferenças de preços para alunos estrangeiros. Isso porque essas instituições não dependem do subsídio do governo para cobrar mais barato dos alunos portugueses. 

Além disso, os preços da propina anual podem variar de acordo com número de créditos ou disciplinas cursadas, e lembre-se que ainda tem a taxa de matrícula. Veja alguns exemplos de três universidades privadas e suas propinas mais baixas e altas.

  • Universidade Fernando Pessoa – de € 2.350 a € 6.300 por ano;
  • Universidade Lusófona – de 499€ + valor por ECT a 4.995€ + valor por disciplina;
  • Universidade Católica – de 365€ + 12,90€ por ECT a 365€ + 16,95€ por ECT.

Há faculdade gratuita em Portugal?

É possível conseguir bolsa de estudo para fazer faculdade em Portugal. Pode ser bolsa de estudo do Brasil, de Portugal ou da Europa. Geralmente, a bolsa cobre a anuidade da instituição, despesas do estudante no país e despesas com a viagem até o país. 

Bolsa oferecida pelo Brasil

Um dos mais conhecidos programas de bolsas no exterior é o Santander Universidades. No Brasil, mais de 300 instituições de ensino possuem convênio com o programa.

Um percentual das bolsas do Santander para estudar graduação em Portugal é destinado a candidatos da América Latina. As bolsas podem ser para formação, empreendedorismo e pesquisas científicas. Para participar, o estudante deve verificar se a universidade brasileira que está cursando faz parte do programa, e preencher o formulário. 

São vários programas, que podem conceder bolsas de até € 3 mil, cujo auxílio é creditado na conta do estudante, que fica responsável por gerenciar o valor durante o período, custeando as despesas de viagem, moradia e alimentação. Em contrapartida, o estudante precisa apresentar aproveitamento nas disciplinas cursadas.

Bolsas oferecidas por Portugal

As opções de bolsa de estudo disponibilizadas por instituições portuguesas nem sempre estão ligadas à isenção de pagamento, mas podem envolver alojamento gratuito, subsídio para alimentação e ajuda de custo.

Cada universidade estabelece os próprios critérios e as bolsas são divulgadas e definidas pelo Serviço de Ação Social da instituição. 

Alguns programas de bolsas são destinados especialmente aos estudantes estrangeiros nas instituições portuguesas. 

Então, antes de se candidatar a cursar uma faculdade em Portugal, busque o órgão e se informe sobre as oportunidades oferecidas.

Bolsas oferecidas pela União Europeia

As bolsas Erasmus são bem conhecidas, e concedidas pela União Europeia para estudantes europeus ou não. A bolsa de estudo pode cobrir a anuidade, ajuda de custo no país e auxílio para a viagem.

O processo de candidatura varia conforme a faculdade de Portugal que pretende cursar. Por isso, recomendamos que você acesse o site do Erasmus, encontre o programa que lhe interesse e entre em contato com a instituição que o oferece para saber mais informações.

Por meio da instituição, você pode estudar em diversas universidades do continente europeu, como Portugal, Espanha, Alemanha, Noruega, entre outras. As condições básicas são:

  • Ter inglês fluente (os cursos exigem exame de proficiência);
  • Ter terminado a última formação há menos de 5 anos;
  • Possuir graduação completa;
  • Não morar na Europa há mais de 15 meses até iniciar o curso.

Quais são as melhores faculdades de Portugal? 

Todos os anos, algumas empresas fazem os rankings com as melhores faculdades em Portugal e no mundo todo. Cada ranking leva em conta diferentes aspectos para classificar a instituição de ensino.

Em comum, eles normalmente avaliam a reputação acadêmica, como a instituição é vista pelos seus empregadores, número de citações da universidade em artigos científicos publicados, número de alunos estrangeiros e, é claro, qualidade de ensino.

O ranking desenvolvido pela Quacquarelli Symonds (QS) – um dos mais conceituados em nível internacional, avalia todos os anos as melhores universidades do mundo.

Na lista de 2022, das melhores faculdades de Portugal, a Universidade do Porto é a melhor classificada, seguida pela Universidade de Lisboa, ambas com classificações melhores do que receberam no ano passado. E mais instituições portuguesas aparecem no ranking. Confira:

1. Universidade do Porto (295º lugar)

2. Universidade de Lisboa (356º lugar)

3. Universidade Nova de Lisboa (431º lugar)

4. Universidade de Coimbra (455º lugar)

5. Universidade do Minho (571-580º lugar)

6. Universidade de Aveiro (601-650º lugar)

7. Universidade Católica Portuguesa (801-1000º lugar)

Vale a pena fazer faculdade em Portugal?

Com certeza você vai agregar muito valor à sua vida estudantil, profissional e pessoal ao fazer uma faculdade em Portugal. Escolhendo o curso certo para o seu perfil e seus objetivos, essa decisão pode levar você mais longe do que imagina.

Oportunidade de estudar em uma faculdade em Portugal mundialmente renomada

Muitas faculdades de Portugal são renomadas, fazem parte dos rankings mundiais e têm parcerias com outras excelentes instituições. Assim, existe a possibilidade de fazer intercâmbios em outros países, além de Portugal.

Currículo mais valorizado no Brasil

No Brasil, você se destaca de outros candidatos quando tem experiências internacionais no currículo. Então, se pretende fazer faculdade em Portugal para atuar no Brasil, essa é uma ótima estratégia. Você voltará ao mercado de trabalho brasileiro com mais conhecimento, experiência, mais vivências e mais cultura. Terá acesso a melhores cargos e salários.

Portugal é um ótimo lugar para estudar

E quanto a escolher Portugal entre outros países, uma das vantagens é o idioma. Embora saber falar inglês traga vantagens durante os estudos – como se comunicar com outros alunos estrangeiros, você pode querer “descansar” usando seu idioma nativo nos momentos de folga das aulas.

Ainda sobre o idioma, você irá estudar com pessoas de várias partes do mundo, podendo aprender línguas e culturas de outros lugares no seu dia a dia. 

Outro ponto positivo de Portugal é que os acordos que existem com o Brasil facilitam muitos processos, inclusive se você resolver se mudar e trabalhar em Portugal depois do seu curso.

Aliás, se resolver ficar no país, as portas do mercado de trabalho estarão mais abertas para você do que para profissionais que não têm formação em faculdade portuguesa ou europeia. Muitos profissionais brasileiros com formação somente no Brasil não conseguem vagas em Portugal, e você já sairá em vantagem nesse sentido.

Fora isso, Portugal é um país encantador, de norte a sul. O clima é agradável, as pessoas são educadas e valorizam muito a própria cultura, o que é ótimo para enriquecer sua vivência.

Por Pri Fortinho

Sou uma brasileira de Santa Catarina, graduada em Publicidade e Propaganda e especializada em redação criativa. Em 2017 me mudei para Portugal com o objetivo de conhecer novas culturas e refinar minha perspectiva sobre o mundo. A mudança de país me apresentou a um estilo de vida mais minimalista e à oportunidade de trabalhar produzindo conteúdo para inspirar as pessoas a buscarem mais qualidade de vida e bem-estar.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.