Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Quem procura um lugar para morar no litoral português onde tenha a possibilidade de um alto padrão de vida, com aeroporto próximo e boa infraestrutura associada à tranquilidade, pode pensar: “e agora, escolho Cascais ou Algarve?”.

Neste texto vamos apresentar algumas características desses locais que podem ajudar a responder esta pergunta, dentre semelhanças, diferenças e algumas das vantagens de cada um.

Onde ficam Cascais e Algarve em Portugal?

Quem não conhece Portugal, muitas vezes, pensa que Algarve é uma cidade. Este é um equívoco comum, inclusive para quem já se questionou sobre morar em Cascais ou Algarve, tendo em vista a popularidade e atrativos destes locais: Algarve é uma grande região litorânea, também conhecida como Distrito de Faro – nome da capital, que conta com 65 mil habitantes e fica a cerca de 280 km de Lisboa.

O Algarve se localiza ao sul Portugal e conta com 16 municípios: Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António. Se estende da fronteira com a Espanha até o oeste português.

Cascais é um concelho (município, para os brasileiros) com aproximadamente 210 mil habitantes e ao qual pertencem quatro freguesias: Alcabideche, Carcavelos e Parede, Cascais e Estoril, e São Domingos de Rana. 

Cascais faz parte do distrito e da área metropolitana de Lisboa, na região Litoral-Centro do país. Assim sendo, a distância que separa a sede do concelho e a capital portuguesa é de apenas 36 km. Está no litoral oeste do país, próxima de onde o Rio Tejo desagua no mar.

Diferenças no clima

A escolha de morar em algum lugar, neste caso, Cascais ou Algarve, para muitas pessoas, passa pelo clima – e mesmo sendo um país pequeno, existem muitas variações neste sentido em Portugal.

O Algarve possui clima mediterrânico temperado, com pouca chuva e longas horas de sol o ano todo. Durante o inverno as temperaturas médias são de 15°C e no verão oscilam por volta dos 31°C durante o dia.

Já em Cascais, os índices de precipitação são mais elevados, especialmente no inverno, com períodos de mais umidade e céu encoberto. Ainda assim, raramente as temperaturas ficam abaixo dos 7°C: ao longo do ano, em geral variam de 10°C a 26°C. 

Belezas das duas regiões

Seja Cascais ou Algarve, tenha a certeza de que vai encontrar belas paisagens – naturais e também aquelas moldadas pela mão do homem. Quem optar pelo extremo-sul de Portugal verá o contraste entre as praias mediterrânicas, falésias e vilas de pescadores, com os belos resorts de golfe, mansões, hotéis, bares e restaurantes. Ou seja, atrai tanto quem deseja um clima mais urbano e movimentado, como também quem prefere mais tranquilidade e sintonia com a natureza.

Já em Cascais, o fato de estar tão próximo a Lisboa já confere a possibilidade de desfrutar das maravilhas e facilidades da capital portuguesa. Ainda assim, o concelho por si só oferece praias, museus, atrativos históricos, entre outras opções. Uma das atrações mais disputadas em Cascais é a Boca do Inferno, uma formação rochosa que fica à beira mar. Hoje, a cavidade fica a céu aberto, mas reza a lenda que o local era uma gruta no passado que cedeu pela força das ondas.

Cascais ou Algarve
Cascais

Cascais ou Algarve
Faro – Algarve

Aeroportos e estruturas de transporte

Morar em Cascais ou Algarve significa estar bem servido em termos de transportes. No caso da região no extremo-sul de Portugal, o aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Faro: é o terceiro maior do país em fluxo de passageiros e fica a cerca de 10km do centro da cidade de mesmo nome. Também é possível ir de trem ou ônibus de uma ponta a outra do Algarve e ainda deslocar-se diretamente até Lisboa (dali a outras partes do país) por via férrea com os trens alfa pendulares – que chegam a 220 km/hora.

Em Cascais a oferta de deslocamentos é ainda maior devido à proximidade com Lisboa. Por exemplo, da sede do município até a capital portuguesa há uma linha de trem urbano com saídas a cada quinze minutos e duração aproximada de quarenta minutos – com um visual lindo às margens do Tejo. As chegadas são sempre na Estação Cais do Sodré de onde partem ônibus e comboios para outros locais – incluindo diferentes cidades de todas as regiões do país – e à qual também está ligado o metrô, uma das principais opções para ir até o aeroporto. O Aeroporto de Lisboa, que recebe o nome de Humberto Delgado, é o maior de Portugal dentre os nove do país aptos a voos comerciais (de carro, direto até lá, costuma levar apenas 30 minutos).

Pontos de Interesse próximos

Além dos atrativos das localidades por si só, Cascais ou Algarve também estão próximos a zonas de interesse que vão além daquelas já mencionadas neste texto. No caso de Cascais, a proximidade com Sintra é um diferencial: com seus palácios, parques e jardins exuberantes, é um convite para longos passeios sem pressa – o que fica muito mais fácil se você morar na região. O Parque Nacional Sintra-Cascais é imperdível.

Já para quem opta por viver no Algarve, a Espanha é logo ali: da capital, Faro, até a fronteira, são apenas 60 km. Até mesmo quem vive mais a oeste não enfrenta um trajeto tão longo até o país vizinho, pouco mais de 150 km. 

Brasileiros em Cascais ou Algarve

Por viver muito do turismo, o Algarve possui ofertas de trabalho bastante sazonais (de maio a setembro). Por isso, pode ser uma região mais atrativa para quem já possui renda mensal (como investidores do mercado financeiro ou aposentados), trabalha como nômade digital, dentre outras profissões que não dependam necessariamente de um retorno obtido neste local. Como também atrai muitos estrangeiros europeus – especialmente os ingleses – o custo de vida é mais alto do que em outros lugares no interior do país. 

Viver em Cascais também é uma possibilidade que costuma atrair pessoas com uma renda mais alta, já que a zona bastante turística torna os imóveis mais caros, mas com a diferença de que a proximidade com Lisboa possibilita uma gama maior de empregos e sem tanta sazonalidade – ainda que turismo e comércio sejam as principais fontes de renda. 

De qualquer modo, morar em Cascais ou Algarve significa ter segurança e qualidade de vida sem abrir mão de estar próximo aos centros urbanos. Ambas são escolhas para dificilmente se arrepender, basta ter em mente as próprias prioridades, necessidades e o quanto as vantagens de cada uma podem fazer a diferença.

Por Carol Patatt

Jornalista e produtora de conteúdo, escolheu o interior de Portugal para fazer um mestrado em Jornalismo e dar um "pause" na vida de repórter esportiva no Rio de Janeiro - ainda que, ocasionalmente, trabalhe com futebol em terras lusitanas. Mostra a região da Serra da Estrela no canal no Youtube "saiadarotina" e também é pesquisadora via Erasmus na Universidad de La Rioja (Espanha).

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.