Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Sintra em Portugal é muito mais do que a histórica e charmosa vila. Morar em Sintra significa conviver com o clima das montanhas, mas também ter diversas opções de praia logo descendo a serra. 

A Vila de Sintra é conhecida pelo seu charme, castelos, palácios, travesseiros, pelo clima bucólico que ronda o centro histórico e pelos turistas.

Embora o turismo seja muito importante, Sintra em Portugal é um município muito representativo para todo o país e só perde para Lisboa em população residente. Aliás, morar em Sintra é uma ótima opção para quem quer estar perto de Lisboa, mas ao mesmo tempo não quer ou não pode viver na cidade. 

Onde fica Sintra em Portugal?

Sintra está localizada a 40 minutos de Lisboa, pela via com pedágio e uns minutos a mais pelas vias não pedagiadas, mas também possui muitas opções para transporte público. Por isso, a melhor forma de se deslocar até Lisboa é de trem: de Mem-Martins, por exemplo, até o centro de Lisboa, são 35 minutos e o custo mensal do passe é de 40€. 

Mas atenção! Nem todas as freguesias ficam próximas a estações de trem. Fique atento quando morar em Sintra em Portugal e considere se isso é uma prioridade na hora de escolher o local.  

Já de Sintra para o Porto, são 3 horas de carro, mas também é possível fazer a viagem de trem. 

População de Sintra

A densidade populacional de Sintra em Portugal é alta, são 1184 habitantes para cada km² , não supera os números de Amadora, Lisboa ou Odivelas, mas fica acima da média da Área Metropolitana de Lisboa (973 hab/Km²) e muito acima da média nacional de 115 hab/Km² . 

Sintra também possui taxas equilibradas entre as faixas etárias residentes, o que proporciona a manutenção saudável da população do município, bem como seu crescimento favorável. 

Estes são os dados do Censo de 2011, disponibilizados pela Câmara Municipal de Sintra. 

Porém, morar em Sintra está muito além de números. Vamos ver o que o município tem a oferecer?

Como é o clima de Sintra em Portugal?

Por estar em uma região montanhosa, espere-se conviver com a neblina muitos dias do ano. Mesmo em meses de verão, a neblina pode chegar sem avisar em Sintra. Além disso, a umidade da montanha faz o clima ser ligeiramente mais frio. Considere essas condições quando pensar em morar em Sintra em Portugal. 

Por outro lado, é bem agradável nos meses mais quentes. 

Como é a saúde pública em Sintra?

A saúde é sempre um quesito importante. Se você pensa em morar em Sintra, saiba que o hospital público que serve a população é o Amadora-Sintra. Ele recebe esse nome porque serve justamente estes dois concelhos, tanto Sintra como Amadora. Ou seja, dois municípios numerosos, o que faz com que a lotação esteja além de sua capacidade. 

Mas, em breve, esta estatística deve mudar com a construção do Novo Hospital de Sintra. Com entrega prevista para 2023, ele atenderá todo o município, com capacidade para 400 mil utentes e 19 especialidades médicas. 

Estudar em Sintra

Se você morar em Sintra, saiba que há algumas opções pela região. A Universidade Católica Portuguesa é uma delas, o campus de Sintra está localizado próximo ao Tagus Park. 

Além disso, a mesma universidade firmou uma parceria com o município para receber o primeiro curso privado de medicina do país. 

Já para as carreiras militares, Sintra em Portugal é sede da Academia das Forças Aéreas

Trabalhar em Sintra

Embora Sintra em Portugal seja reduto de muitas indústrias, fábricas e centros de distribuição, o município não consegue suprir a demanda por emprego de toda a população, mas nada impede de você aliar morar em Sintra com trabalhar em Sintra. 

Além do mais, um dos importantes centros comerciais com escritórios, empresas multinacionais e startups está nos limites do município: o Tagus Park. Ele fica em Porto Salvo (Oeiras), ao lado de São Marcos (Sintra). 

Morar em Sintra

Mas afinal, qual a melhor região para morar em Sintra? Isso vai depender do perfil de cada um, do estilo de vida, das prioridades, das necessidades e também do orçamento mensal. 

Para te ajudar, selecionamos as principais freguesias de Sintra. Venha conhecer um pouco melhor cada uma e o que elas têm a oferecer.  

Quais as freguesias pertencentes à Sintra?

Sintra em Portugal possui 11 freguesias, algumas na serra, outras beirando o mar. Morar em Sintra pode ser a opção ideal para aqueles indecisos entre morar na montanha ou na praia. 

Colares, São João das Lampas e Terrugem

São duas freguesias que margeiam o mar: Freguesia de Colares e União das Freguesias de São João das Lampas e Terrugem. 

É em Colares que estão as praias mais bonitas do município, provavelmente do país, como Azenhas do Mar, a praia da Adraga e a famosa praia da Ursa, considerada uma das mais bonitas do mundo pelo Guia Michelin. Morar em Sintra também é ter pontos turísticos ao pé de casa, como o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental de Portugal e da Europa Continental. 

Cabo da Roca Portugal
Cabo da Roca – Sintra

Mas não se engane em achar que Colares é apenas praia, lá também fica o Convento dos Capuchos no Parque Natural de Sintra-Cascais, que faz parte dos monumentos históricos da região. 

Um apartamento com 2 dormitórios em Colares para alugar custa, em média, 800€. Porém, não é uma região com muitas opções para aluguel. 

Assim, como em Terrugem e São João das Lampas, se você pensa em morar em Sintra, mais especificamente nesta região, casas são o tipo de moradia que você encontrará por lá. Também tenha em mente que é preciso de carro para se deslocar e há estradinhas sinuosas pela serra. 

Algueirão e Mem-Martins

A freguesia está localizada ao lado da Vila de Sintra, é servida da estação de trem que vai até Lisboa (são 35 minutos apenas). É lá que será construído o Novo Hospital de Sintra, um investimento de 40 milhões na área da saúde. 

Um aluguel de um apartamento com 2 dormitórios custa em média 750€. Leve em consideração que é uma das mais populosas também. 

Sintra

Se escolher esta freguesia, morar em Sintra vai significar ter os castelos e palácios como paisagem diária. É aqui que fica a Vila de Sintra e os bairros ao redor. Tem transporte público, muitas opções de restaurantes, bares e agito de turistas. 

É uma região que tende a ser mais cara pela localização. Além do que mais, há condomínios fechados luxuosos por ali com lazer, área verde e moradias novas. 

Espere pagar no mínimo 800€ pelo aluguel de um apartamento de 2 dormitórios. Já os mais luxuosos custam em torno de 1600€. 

Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar

São as freguesias mais ao norte do município, fazem limite com Mafra e Loures. Em Perô Pinheiro está localizada a Academia das Forças Aéreas. É uma área muito verde, mas sem estação de trem. 

Há muitas casas, mais do que apartamentos, algumas bem luxuosas. Porém, se encontrar um apartamento para alugar, pode ser um excelente custo-benefício, uma média de 800€ por um grande de 2 dormitórios. 

Rio de Mouro

Esta freguesia faz divisa com Cascais e Oeiras. É bem populosa e possui estação de trem, assim como é bem servida de transportes públicos e ótima infraestrutura. 

Possui um bom custo-benefício pela sua localização privilegiada: um apartamento de 2 dormitórios é, em média, 750€ para alugar. 

Belas e Queluz, Casal de Cambra e Massamá e Monte Abraão

Belas e Queluz possuem uma boa localização se a ideia é ficar próximo de Lisboa, uma das vantagens de morar em Sintra. Assim como Casal de Cambra, fica na divisa com Amadora, o que faz da região ser bem populosa, mas também contar com boas infraestruturas e acessos. 

As freguesias são as mais próximas do principal hospital público da região: o Sintra-Amadora. Ali, apartamentos menores de 2 dormitórios podem ser encontrados por 650€ de aluguel. 

Já Massamá e Monte Abraão, ficam um pouco mais ao sul de Sintra, na divisa com Oeiras, porém, possuem os mesmos tipos de infraestrutura e preços de aluguel. Também são servidas de estação de trem.

São Marcos e Cacém

São Marcos é a freguesia mais próxima do Tagus Park, o importante pólo comercial, também faz divisa com Oeiras e possui uma ótima vista, já que é uma região mais no alto. Embora seja uma freguesia pequena de Sintra, é muito bem servida de transportes e sua localização é privilegiada. 

Morar em Sintra nesta região é estar bem próximo da praia, são apenas 8 km de Caxias, a mais próxima. O aluguel por ali fica em torno de 700€ para um apartamento de 2 dormitórios. 

Praia da Maçã Sintra
Praia da Maçã – Sintra

O que fazer em Sintra em Portugal

Por ser um dos municípios mais populosos do país, Sintra em Portugal conta com muitas opções de lazer. São parques urbanos, praias, monumentos históricos e shoppings. 

Além de todas as vantagens apresentadas, morar em Sintra significa a vista das montanhas e dos palácios todos os dias ao seu redor e, ao mesmo tempo, estar perto da capital do país. 

Conheça a encantadora Vila de Sintra

Imagine uma vila europeia, nascida por entre montanhas, imagine uma vegetação exuberante. Agora pense em castelos, palácios, parques, jardins, bosques, conventos, igrejas, capelas. Essa é a encantadora Vila de Sintra. Cenário romântico e charmoso perfeito para uma visita ou para morar. Deixe-se levar por todas as suas atrações e usufrua desse cantinho adorável de Portugal.

Sintra

Com o título de Patrimônio Mundial, Paisagem Cultural pela UNESCO desde 1992, a Vila de Sintra, outrora escrita Cintra com a letra C, se apresenta com um conjunto de encher os olhos. Reunindo desde a vegetação da serra que se completa com jardins e bosques, até castelos, palácios e ruazinhas. Todos ajudam a fazer da vila, uma testemunha de vários momentos históricos de Portugal.

Com vestígios da ocupação humana desde o período Neolítico e Idade do Bronze. Sintra passou também pela ocupação romana no período antes de Cristo e por domínio muçulmano no século X, sendo reconquistada posteriormente no século XI pelos portugueses. Pela divisão que se faz em Portugal, Sintra é considerada uma Vila,  o Distrito de Lisboa. Mas que é sede de um Município, que integra 11 Freguesias (como se fossem grandes Bairros). Dessa maneira o município se estende até o litoral, encontrando o Oceano Atlântico.

Só um lugar único como Sintra, para ganhar citações de escritores como Eça de Queirós, ícone romancista da língua portuguesa do século XIX, que eternizou a vila em romances como o Primo Basílio, A Tragédia da Rua das Flores e a obra-prima Os Maias de 1888.

Palácio e Jardins da Pena

Palácio da Pena - Sintra
Palácio da Pena – Sintra

Principal cartão postal de Sintra em Portugal, fica situado no Monte da Pena. Representa o primeiro palácio do revivalismo romântico na Europa no século XIX. Moradia de reis e de rainhas, o palácio foi construído na área de um antigo convento e fora criado por Dom Fernando. Ele casou com a rainha D. Maria II, decidindo ali estabelecer o palácio de verão da família real.

O estilo do Palácio da Pena é a contemplação de vários estilos juntos. Desde o neo-gótico, neo-islâmico, neo-renascentista e neo-manuelino, com jardins em estilo inglês, e uma infindável variedade de espécies exóticas de árvores e plantas. Já no interior do castelo, pode-se ver a decoração escolhida pela realeza da época, com destaque especial para os azulejos.

Dica: Há dois valores para a entrada no espaço do Palácio e dos Jardins. Um que inclui os jardins e outro que  engloba os jardins e a entrada no Palácio. Se você não tiver tempo ou interesse de visitar o palácio por dentro, não se preocupe, pois o acesso aos jardins também garante passear 360 graus no entorno do palácio, o que vai garantir excelentes fotos e uma vista incrível do Castelo dos Mouros.

Leia também sobre os Principais Castelos de Portugal.

Castelo dos Mouros

Castelo dos Mouros - Sintra
Castelo dos Mouros – Sintra

O castelo leva esse nome, porque fora construído em meados do século VIII entre dois cumes da Serra de Sintra, durante a ocupação do Mouros na Península Ibérica. Depois de muita disputa o Castelo foi tomado por D. Afonso Henriques em 1.147. Em virtude do cristianismo ser a base da religião dos portugueses, no Castelo foi construída a primeira capela cristã da região de Sintra.

Já no período de 1860, no controle de D. Fernando II, as muralhas foram restauradas e teve-se um cuidado todo especial com a arborização e paisagismo do local. Ainda restam intactos para se apreciar a Cisterna Moura e o Torreão Real.

O Castelo dos Mouros é considerado desde 1995, Patrimônio Mundial pela Unesco. Dele pode-se avistar a vila de Sintra, o Paço de Sintra, o Palácio da Pena, a serra e dependendo da visibilidade, toda a planície até ao oceano.

Leia também Lisboa ao Porto – Passeio de Carro.

Dica: Sabendo que o Castelo dos Mouros fica situado no alto da Serra de Sintra, há vários meios de transporte que o visitante pode utilizar. Desde carros alugados, tuk-tuks ou até ônibus. Mas para aqueles que são mais aventureiros e estão dispostos a uma trilha no meio da vegetação da Serra, sugerimos pegar o caminho da Vila Sasseti. Com cerca de 2 quilômetros de extensão e que possibilita uma vista incrível de Sintra. Esse caminho, liga o Centro Histórico da Vila de Sintra ao Castelo dos Mouros e até o Palácio da Pena.

 


Palácio e Quinta da Regaleira

Quinta da Regaleira - Sintra
Quinta da Regaleira – Sintra


Dos sonhos de um milionário, surgiu a ideia e a concretização do Palácio e da Quinta da Regaleira. No início do século XX, surgiu este que é um dos lugares mais incríveis de Sintra. Pelo desejo de Antônio Augusto Carvalho Monteiro com a ajuda do arquiteto e cenógrafo Luigi Manini.

A atmosfera da Quinta da Regaleira é indescritível para quem a visita, mesmo perto do centro histórica de Sintra, ela revela um ar diferente de tudo o que há em volta. Formada por uma vegetação exótica e muito bem cuidada, lagos e grutas. As construções, tanto do Palácio como dos adornos que seguem pelos jardins, são exemplos do estilo romântico revivalista com peças góticas, manuelistas e renascentistas, numa conjunção com aspectos de simbologia esotérica.

Leia também sobre as Tradições Portuguesas.

Dica: Não deixe de visitar a Capela da Santíssima Trindade. Esta da direito a descer à cripta e à descida pela famosa escadaria em espiral, levando ao poço iniciático.

Palácio Nacional de Sintra

Palácio Nacional de Sintra
Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra, também conhecido como Palácio da Vila , ou Palácio das Chaminés, é um exemplo vivo da história de Portugal, remontando a permanência da realeza até os últimos momentos da monarquia.

O início da sua construção iniciou-se no século XV com um misto de estilos, do medieval até o gótico, renascentista e romântico. De fácil identificação pelas suas duas torres, ou melhor, suas duas chaminés de 33 metros, que partem da cozinha do Palácio. É também muito atrativo  internamente por toda a coleção decorativa que a realeza se prestou a acumular.

Além disso, o Palácio é um deleite para os apreciadores de azulejos da Arte Mudéjar. Aqueles que combinam os estilos artísticos cristãos aos islâmicos.

Leia também nosso Guia Turístico de Lisboa.

Dica: Experimente fotografar o Palácio por diversos ângulos por entre as árvores que seguem pelo caminho que leva até ele. Essa pode ser a moldura ideal que dará todo o destaque para esse lindo Palácio.

O que fazer além dos Castelos e Palácios em Sintra

Sintra em Portugal tem muito mais para oferecer, por isso não deixe de passear pelas ruazinhas do centro histórico. Além de  conhecer o comércio local e restaurantes da Vila.

Por falar em comer, em Sintra há duas grandes tradições gastronômicas. Os Travesseiros de Sintra e as Queijadas, e uma das opções mais tradicionais para provar os doces é a Doceria Piriquita, com mais de uma unidade na vila. Outra sugestão muito interessante é o passeio de Elétrico (ou bonde), que leva até a Praia das Maçãs em um percurso de 45 minutos.

travesseiro de sintra
Travesseiro de Sintra

A saída do Elétrico de Sintra acontece ao lado do Museu das Artes de Sintra e depende da estação do ano para que seja ofertado em diferentes horários. Para acertar em cheio o horário, confira aqui.

A Vila de Sintra ainda é o ponto partida ideal para outras atrações em suas freguesias, como Parque e Palácio de Monserrate, Convento dos Capuchos, Palácio Nacional de Queluz, Parque Natural de Sintra-Cascais, Cabo da Roca, Praia da Adraga, Azenhas do Mar, Praia das Maçãs e Praia Grande.

                       

Por Camila Ciberi

Jornalista e produtora de conteúdo. Trocou a rotina intensa de São Paulo para viver na tranquilidade de Portugal. Residente em Cascais, relata suas experiências diariamente no blog e canal @quesejaportugal. Nas horas vagas, gosta de testar receitas veganas, curtir a família e turistar em novos lugares.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.