Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Nos últimos anos, a capital de Portugal se tornou uma das mais populares da Europa, no quesito “destino para novos negócios”. Investir em Lisboa passou a ser uma boa opção para quem deseja mudar de país, ou até mesmo para quem quer ter um negócio que gerará  lucros em Euros.

Ao mesmo tempo que é considerada Patrimônio Mundial e a segunda capital mais antiga da Europa, Lisboa também oferece um estilo de vida moderno e cosmopolita, clima agradável, custo de vida baixo (se comparado com outras capitais europeias) e segurança. 

Então, por que investir em Lisboa?

Existem inúmeras razões para investir em Lisboa, a começar pelo fato de ela estar em Portugal, um país que tem chamado atenção de investidores nos últimos anos. Somente em 2019, foram mais de 7 bilhões de euros investidos em território português, oriundos de capital estrangeiro, proveniente da Inglaterra, França, Itália e Brasil.

Lisboa, então, por ser a capital, é um destino promissor e, apesar de ter sido holofote de investidores nos últimos anos, ainda oferece muito espaço para novos negócios, pelos seguintes motivos:

Solo fértil para inovação e empreendedorismo

Sendo a segunda capital mais antiga da Europa, para investir em Lisboa é necessário inovar, e espaço não falta para isso!

Desde 2016, Lisboa é sede do Web Summit, maior conferência em tecnologias da Europa, que é realizada anualmente desde 2009, e o evento funciona tão bem e oferece tantas oportunidades, que Lisboa já garantiu o contrato para sediá-lo até 2028!

Além disso, o evento movimenta e, muito, a economia de Lisboa, e é uma importante ferramenta para incentivar empresas a levarem as suas ideias ao seu território.

E para receber as novas ideias, a Câmara Municipal oferece inúmeros incentivos fiscais e econômicos para aqueles que querem investir em Lisboa, incluindo a iniciativa Startup Lisboa, que é uma associação privada sem fins lucrativos, que tem como missão servir de incubadora de novos negócios. 

Assim, investir em Lisboa é atrativo, não só para quem está investindo, mas também para o governo local, tendo em vista a expectativa de promover a criação de emprego, sem contar a contribuição que uma nova ideia traz para a vitalidade urbana, social e econômica da cidade.

Baixo investimento inicial 

Iniciar um novo negócio em Lisboa com uma despesa mais baixa, se comparada com outros países da Europa é, com certeza, umas das vantagens de investir na capital portuguesa.

Dentre as despesas que um novo negócio poderia ter em Lisboa, podem ser destacados os seguintes:

  • custo de vida – se comparado com outros países da europa, para um casal sem filhos, o custo de vida mensal gira em torno de 1.700€;
  • aluguel e espaço de escritório – se você não precisar de um espaço físico para montar o seu negócio, você encontra facilmente espaços de coworking, que cobram valores baixos para você poder usar as suas instalações e se o seu negócio for abraçado por uma incubadora, o próprio espaço dela já servirá de base para a sua empresa;
  • salário mensal – a mão de obra portuguesa é uma das que recebe um dos menores salários da Europa, o que é ruim por um lado, mas pode ser considerado uma vantagem para quem deseja iniciar um negócio com baixo investimento inicial;
  • possibilidades de negócios – principalmente para brasileiros, investir em Lisboa é uma porta de entrada para os outros mercados europeus.

Possibilidade de expansão

Uma vez com um negócio em Lisboa, as chances de expansão para outros países da Europa aumentam, já que Portugal, dentro da União Europeia, é signatário de acordos que facilitam a exportação de seus produtos e serviços pelo velho continente.

Além disso, Lisboa possui fácil acesso a grandes aeroportos e estradas, o que facilita questões de logística para o seu negócio.

Incentivos do governo para novos negócios

Já falamos aqui sobre os incentivos que são fornecidos pelo governo português para novos negócios, especialmente aqueles que estão alinhados com áreas estratégicas, como tecnologia e inovação. 

Assim, para investir em Lisboa,você também poderá contar com programas de incentivo do governo português, especialmente, aqueles programas mais locais, que geralmente serão divulgados pela própria Câmara de Lisboa.

Um dos exemplos de tais programas de incentivo é o Lisboa Empreende +, que é um programa cujo objetivo é dar suporte ao tecido empresarial da cidade de Lisboa e apoiar o surgimento de novos negócios.

Assim, se você deseja ter um negócio em Lisboa, desde que ele seja do interesse da municipalidade, há grandes chances de ele receber apoio governamental.

Investir em Lisboa por que escolher a capital Portuguesa
Parque das Nações (Foto Turista Profissional)

Portugal 2030 

O programa de desenvolvimento da economia portuguesa, desenhado para ser concluído até 2030, é uma grande oportunidade para quem quer ter um novo negócio em Portugal.

Falamos sobre referido programa aqui e, apesar das grandes cidades, como Lisboa, não estarem no foco de desenvolvimento do programa, se sua ideia de negócios, tiver sede na capital portuguesa, mas ter por objeto o desenvolvimento de áreas interioranas de Portugal, ou, ainda, promover o desenvolvimento de estratégias sustentáveis, por exemplo, as chances da sua ideia ser abarcada por um dos programas de incentivo do Portugal 2030, serão grandes.

Facilidade para brasileiros

Além da facilidade com o idioma, brasileiros possuem diversas opções de vistos para empreenderem em Portugal, dentre os quais, destacamos:

Visto D2 – Visto de Empreendedor – é um dos vistos mais populares entre empreendedores brasileiros e dentre aqueles que desejam trabalhar de forma autônoma em Portugal.

Se quiser saber mais sobre ele, tem uma explicação bem detalhada aqui

Startup Visa – esta modalidade de visto é ideal para quem quer investir em Lisboa por meio de uma ideia inovadora em modelo de Startup.

Além de se aplicar para novos negócios, ele também pode ser aplicado para aqueles que já possuem uma empresa no Brasil, há menos de quatro anos, e desejam internacionalizá-la.

Para quem é novo em Portugal, a principal vantagem deste visto é poder contar com uma empresa incubadora que irá te ajudar no processo de adaptação do seu negócio ao ambiente português, principalmente durante os primeiros anos.

Golden Visa – apesar de ser conhecido como um visto que se aplica para aqueles que querem investir na compra de imóveis, o que também é uma grande oportunidade de investimento em Lisboa,  o Golden Visa também é destinado para quem deseja empreender no país, podendo ser também uma boa oportunidade.

Menos burocracias e mais processos digitais 

Portugal possui por meta tornar seus processos cada vez mais digitalizados e após a pandemia, o país se destacou pela agilidade em resolver situações cotidianas, justamente por ter preparado seu terreno digital antes. 

Com esta postura, investir em Lisboa pode ser menos complicado do que parece.

Só para citar um exemplo, existe o Sistema Empresa na Hora, que em menos de 1 hora abre a sua empresa. Obviamente, existem outros detalhes que devem ser observados, que explicamos melhor aqui, mas de toda forma é um processo bastante simples, para quem está pensando em investir em um negócio em Lisboa.

Além daquele sistema, as Finanças de Portugal (a Receita Federal portuguesa), também possuem muitos processos digitalizados, o que facilita o dia-a-dia contábil do empreendedor, sem contar inúmeros outros processos que vêm se digitalizando em território português, que quer se tornar uma referência tecnológica na Europa.

Bom, depois que falamos das vantagens de investir em Lisboa, vamos conhecer onde investir!

O que investir em Lisboa, de imóveis a novos negócios

Bom, diante de todos os benefícios que falamos acima, investir em Lisboa pode ser uma oportunidade em diversos setores.

Nos últimos anos, setores como o de serviços, especialmente o de turismo, e também setores como têxteis, de calçados e  agricultura, foram os responsáveis pelo fortalecimento da economia portuguesa. 

Por outro lado, setores como imobiliário, tecnologia e inovação, e-commerce e energia verde, certamente serão os que oferecerão o maior potencial de crescimento nos próximos anos.

Assim, se você está buscando investir em um negócio em Lisboa, vamos te passar algumas dicas, a começar pelo setor imobiliário.

Investir em imóveis em Lisboa

Apesar do mercado imobiliário na capital portuguesa estar super aquecido nos últimos anos, a cidade ainda oferece boas oportunidades imobiliárias, especialmente para quem deseja comprar um imóvel com a intenção de restaurá-lo ou dar a ele uma utilidade, seja para moradia própria ou de terceiros.

Se sua ideia é investir em um imóvel, o momento é agora, já que o mercado permanece aquecido, apesar do cancelamento da possibilidade de Golden Visa para Lisboa.

Para se ter um ideia de preços praticados atualmente, estes são os valores por m² por região de Lisboa, segundo um estudo publicado pela imobiliária JLL Portugal:

  • Chiado / Príncipe Real 8.500 € / m²
  • Avenida da Liberdade 10.500 € / m²
  • Zona histórica 7.000 € / m²
  • Lapa / Estrela 6.500 € / m²
  • Parque das Nações 6.000 € / m²
  • Campo d’Ourique / Amoreiras 6.500 € / m²
  • Avenidas Novas 6.500 € / m²
  • Estoril 8.000 € / m²
  • Cascais 10.000 € / m²

Se os preços te pareceram acessíveis, saiba que brasileiros também podem financiar, se você não tem o valor total para a compra, o que é uma grande vantagem e explicamos como o financiamento funciona, aqui.

Investir em tecnologia

Se tem um setor que é valorizado na economia portuguesa nos últimos anos, este setor é o de tecnologia da informação.

Assim, se você está pensando em ter um negócio em Lisboa relacionado à TI, especialmente focado na digitalização de processos empresariais, que visam agilizar atividades operacionais e melhorar o relacionamento com clientes, suas chances de sucesso são verdadeiras.

Atualmente, Portugal, especialmente Lisboa, é um palco importante de transformação digital na Europa, e investir em tecnologia é um bom caminho, já que a transformação digital da economia portuguesa é enxergada como sendo uma oportunidade que colocará as empresas portuguesas numa posição mais competitiva face ao exterior.

Se você não tem afinidade com a área, mas possui um capital para investir, esta também é uma possibilidade que poderá te garantir, inclusive o visto Golden Visa, na modalidade de investimento em empresas.

Investir em ideias sustentáveis

Com a assinatura do Pacto Verde Europeu pelos países da União Europeia, uma das suas 6 prioridades é tornar a economia do bloco sustentável, até 2024.

Atividades que caminham a favor de ideias sustentáveis e que contribuirão para que Portugal consiga cumprir com a sua parte do Pacto, poderão ser bem recebidas, tanto pela sociedade portuguesa, quanto por investidores portugueses e estrangeiros.

Algumas ideias, que podem ser valorizadas no setor, são:

  • Tecnologia de redução de emissão de CO2;
  • Energias renováveis;
  • Restauração da biodiversidade;
  • Incentivo da produção local e sustentável no ramo da agricultura;
  • Consultoria em sustentabilidade em empresas portuguesas.

E se você pensa que nenhuma das ideias acima é interessante para Lisboa, saiba que fazer com que a sede da sua ideia e empresa seja a capital portuguesa, poderá facilitar a sua comunicação e deslocamento, no caso de realização de reuniões, busca de investimentos etc.

Além disso, com a maior concentração de empresas em Lisboa, a oferta de soluções sustentáveis terá maior demanda.

Investir em serviços

Apesar do setor ser muito amplo, há determinadas áreas de serviços que são mais interessantes de se investir em Lisboa, a começar pelo setor de turismo.

Turismo – O turismo desempenha um papel muito importante na economia portuguesa e investir em Lisboa em referido setor é sinônimo de lucro, mas é necessário estudar e se planejar antes de dar um passo, já que o setor também é um pouco saturado.

Os investimentos podem variar desde a compra de um imóvel para alojamento local, até agência de viagens, passeios, etc. 

Atendimento aos idosos – em 2020, Lisboa registrou que 28,27% da sua população é idosa, um número bastante relevante, que pode representar uma boa fatia do mercado para se investir, se você possuir uma ideia de oferta de serviços focados no bem-estar deles.

E-commerce – com a pandemia a população portuguesa passou a consumir mais online, o que torna o comércio digital uma boa oportunidade de investimento.

Poder ter um negócio em Lisboa relacionado com o comércio eletrônico é vantajoso principalmente pelo fato de ser a capital do país e ter mais acesso aos serviços de logística, que são essenciais para o e-commerce.

Os produtos que poderão ser comercializados podem ser vários e vantagem do comércio ser em ambiente da internet, possibilita a venda para outros países da Europa.

Além dos exemplos falados acima, existem inúmeros outros tipos de serviços que podem ser desenvolvidos em Lisboa, já que a cidade é um importante foco da União Europeia, mas o importante é sempre estar com um bom Plano de Negócios em mãos, para poder garantir a segurança e o sucesso da sua ideia.

Investi em Lisboa! E agora?

Se tudo o que falamos até aqui, fez o seus olhos brilharem, mas você não sabe se ainda é o momento de investir em um negócio em Lisboa, saiba que a resposta para a sua dúvida não é fácil, já que não temos bola de cristal, mas a boa notícia é que Portugal é considerado um mercado europeu emergente com boas perspectivas.

Assim, enquanto alguns países europeus optam por manter o velho, os pólos tecnológicos de Lisboa (já que é considerada como a cidade do mundo digital europeu) e do Porto definem o rumo do futuro.

Apesar de ser preocupante a situação pós-pandêmica, especialmente no setor turístico, Portugal se destacou em relação aos outros países europeus, como sendo um exemplo de controle e resiliência.

Em outras palavras, todo passo para se investir em um novo ambiente é arriscado e merece atenção, mas desde que haja uma boa assessoria é um excelente planejamento, as chances de sucesso são enormes!

Por Fernanda Terron

Advogada, escritora e empreendedora na Europa. Sou aquela que deixou a rotina das 09h às 18h em grandes empresas para viver a experiência do desconhecido, primeiro, desbravando Portugal e, hoje, a Alemanha. Nesta vida que levo, descobri que viver pode ser bem descomplicado, dependendo da forma como você enxerga o mundo e das pessoas que você encontra no caminho.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.