Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

O incentivo do governo para novos negócios em Portugal tem encorajado muitas empresas brasileiras a atravessarem o oceano, na busca pela internacionalização de seus negócios. Vamos te falar aqui como tais incentivos poderão ajudar o seu negócio a prosperar na Europa.

Como o governo vai ajudar os novos negócios em Portugal

Não é de hoje que o governo português tem criado medidas e programas para incentivar a atividade empresarial em seu território, justamente para promover o desenvolvimento de novos negócios em Portugal.

Tais incentivos são traduzidos em programas de incentivos fiscais, subsídios e programas de recuperação da economia, como Portugal 2020 e, agora, de 2021 a 2027, o Portugal 2030.

Principalmente após a pandemia e após a crise econômica mundial que este fato gerou, o governo português adotou medidas para continuar o incentivo ao empreendedorismo, principalmente ao inovador.

Inclusive, algumas linhas de crédito foram criadas,  disponibilizando valores entre 30 milhões e 1 bilhão de euros para serem destinados ao apoio de pequenas e médias empresas, para que elas pudessem passar pelo período dramático da pandemia com menos problemas. 

Além disso, atividades consideradas estratégicas, como as áreas de inovação e tecnologia, exportação, atividades que incentivam a criação e manutenção de empregos, além de áreas relacionadas com a sustentabilidade e preservação do meio ambiente, são áreas que sempre ganham lugar de destaque na mira do governo português.

Assim, se você está pensando em empreender em Portugal ou está pensando em ter uma startup por lá em uma dessas áreas, saiba que há linhas de crédito que são destinadas para o desenvolvimento da sua ideia, além de subsídios e incentivos fiscais.

Se quiser conferir as medidas de incentivo disponíveis, no site da Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI) você encontrará inúmeras opções que poderão ser aplicadas para novos negócios em Portugal e ainda, aqui, você poderá verificar qual é a medida de incentivo que melhor se aplica para a situação da sua empresa.

Como se candidatar e aplicar para receber os incentivos do governo

Se a notícia te pareceu interessante, aplicar para tais incentivos é simples, mas é necessário que você já tenha uma série de documentos prontos para serem submetidos para a avaliação.

Dependendo da área de atuação da sua empresa os tipos de documentos solicitados podem variar, podendo ser solicitados mais detalhes, para que o crédito seja aprovado.

De qualquer forma, o básico de documentos que precisam ser apresentados são os seguintes:

  • Documento de identificação, como passaporte e cartão de residência ou cartão cidadão (se você tiver a dupla cidadania portuguesa);
  • NIF (que é o CPF de Portugal);
  • Comprovantes de abertura da sua empresa e documentos constitutivos (e demais documentos que comprovem o status atual do seu negócio);
  • Conta bancária em Portugal; e
  • Plano de Negócios (um dos documentos mais importantes, pois é ele que irá “vender” o seu negócio para tentar convencer os analistas a te fornecer o incentivo do governo para novos negócios em Portugal). 

Além dos documentos acima, para alguns setores, poderão ser exigidas licenças ou autorizações especiais que são necessárias para a realização da atividade empresarial.

De qualquer forma, depois de separar todos os documentos é necessário o preenchimento dos formulários (a maioria online) para poder submeter os pedidos para receber o incentivo do governo para novos negócios em Portugal.

Passada a etapa anterior, é só esperar algumas semanas e torcer para que seu negócio receba o dinheiro para ser investido no seu negócio!

Novos negócios em Portugal com Incentivo do Governo português
Como se candidatar e aplicar para receber os incentivos do governo.

Quais novos negócios em Portugal são o foco dos incentivos

Ter uma ideia é fácil, mas saber se ela é boa o suficiente para ganhar a atenção e o dinheiro do governo português é uma história totalmente diferente!

O governo português já tem sinalizado, desde o programa Portugal 2020 e, agora, confirmou com o programa Portugal 2030, quais setores estão no foco dos investimentos. 

Assim, os novos negócios em Portugal que forem em uma das áreas que vamos falar a seguir, podem ser os que terão as maiores chances de receber os incentivos do governo.

Inovação e tecnologia

Obviamente que esta área não poderia ficar de fora, já que uma das metas do governo português, com o programa Portugal 2030 é, justamente, transformar o país em uma referência digital na Europa, no quesito de indústria 4.0.

Assim, novos negócios em Portugal que tiverem por foco a digitalização de processos para oferecer para empresas no país, terão destaque nos programas de incentivos do governo.

Além disso, indústrias com ideias inovadoras que podem levar tecnologia para o interior do país, agricultura e exportação, também podem merecer bastante destaque, já que são setores bem importantes para a economia portuguesa.

Educação

Aqui o tema da educação é mais relacionado à formação profissional, aquela que é direcionada para o aperfeiçoamento da mão-de-obra, com o objetivo de promover a manutenção dos empregos.

Além disso, consultorias que visam “educar” os processos dentro de uma empresa, com o fim de aprimorá-los, além de ajudá-los em matérias de marketing, gestão de pessoas e gestão financeira, também entram nesta categoria.

Se você possui experiência no mercado e tem uma empresa de consultoria, talvez seja uma categoria de serviço que possa atrair a atenção dos incentivos portugueses.

Turismo 

A atividade turística em Portugal é uma das principais para a economia portuguesa, tendo contribuído, em 2019, com 8,7% no PIB português.

Com a pandemia, o setor sofreu muito e muitas linhas de crédito foram criadas para tentar recuperar o crescimento do setor e quem pensa em investir em novos negócios em Portugal relacionados ao turismo, poderá se beneficiar de tais créditos.

Agricultura e florestas

Outro setor que é muito influente na economia portuguesa é o setor agrícola. Apesar do território pequeno, Portugal possui boa produção agrícola, principalmente a familiar, que recebe atenção para manter iniciativas que visam a produção sustentável.

Se você possui uma ideia inovadora que consegue valorizar a produção agrícola familiar portuguesa, visando priorizar a produção nacional e sustentável, sua ideia com certeza será destino de investimentos.

Negócios sustentáveis

Ainda na linha ambiental, ideias relacionadas à sustentabilidade, que realmente farão diferença em questões ambientais, como a redução na emissão de gases poluentes, e produção de lixo, por exemplo, são ideias que serão valorizadas pelas linhas de incentivo do governo português.

Novos negócios em Portugal que tenham relação com produção e venda de materiais sustentáveis, oferta de soluções de energia renovável e reciclagem, são ideias que serão destacadas.

Atendimento aos idosos 

O aumento da população idosa em Portugal e a baixa taxa de natalidade no país que, em 2020 atingiu o menor número (8,20%) é grande motivo de preocupação para o governo português.

Ter negócios que possam garantir o bem-estar e a saúde dos mais velhos para não sobrecarregar o sistema público, são ideias valorizadas e que podem receber grandes incentivos do governo.

Novos negócios em cidades menores

Além das grandes e mais famosas cidades de Portugal, como Lisboa, Porto, Coimbra, Braga e Faro, o objetivo do governo português é proporcionar um desenvolvimento econômico mais igualitário em seu território.

Assim, poder abrir um novo negócio ou levar uma ideia inovadora ou startup para um cidade que seja mais no interior do país pode receber muitas vantagens.

Além disso, ao levar um negócio para uma cidade menor, os custos iniciais que você terá serão, definitivamente, mais baratos e as chances de obtenção de lucro serão maiores e mais rápidas, sem dúvidas.

Comércio exterior

Se você trabalha com comércio exterior e valoriza produtos portugueses e quer incentivar a exportação de tais produtos, o incentivo do governo para novos negócios em Portugal que estejam relacionados à exportação, será grande, já que uma das agendas do Portugal 2030 é justamente desenvolver tal setor.

Selecionar produtos portugueses para serem exportados, até mesmo na própria Europa (por ser mais fácil, por conta dos acordos entre os países da União Europeia), pode ser uma boa ideia para iniciar um negócio em Portugal.

Quais as vantagens de ter um novo negócio em Portugal

Bom, o próprio governo português já sinalizou que está disposto a investir na sua ideia, caso você queira levá-la para Portugal.

Assim, a primeira vantagem é justamente ter facilidades para obtenção de crédito, com condições especiais, sem contar as opções de incentivos fiscais que também são oferecidas.

Com tudo isso, a sua ideia pode sair do papel com mais segurança financeira, pelo menos.

Além disso, investir em Portugal pode trazer vantagens como:

  • Ter a chance de operar no mercado europeu, que é um dos mercados mais relevantes para a economia mundial;
  • Baixo risco de operação, considerando questões como segurança, coberturas securitárias, boa infra-estrutura de logística etc;
  • Baixo custo de vida, já que o país, se comparado com outros na União Europeia não oferece valores tão altos para se viver nele;
  • Baixo custo de mão-de-obra, já que a média salarial em Portugal é menor, se comparada, com outros países europeus;
  • A língua portuguesa sem dúvida é uma vantagem quando você precisa negociar, assinar contratos, contratar financiamentos e realizar pagamento;
  • Legislação parecida com a do Brasil também pode ser considerada uma vantagem, já que isso pode facilitar o entendimento das obrigações que você deverá cumprir em território português para que seu negócio se mantenha próspero e legal no país.

Claro que além das vantagens acima, também vale observar que algumas delas, dependendo do ponto de vista, podem ser desvantagens, como por exemplo, o fato da mão-de-obra portuguesa receber menos, faz com que os valores dos produtos e serviços não podem destoar do poder de compra dos consumidores locais.

Apesar disso, ainda é vantajoso ter um novo negócio em Portugal, principalmente porque você não precisa se limitar ao território português, mas você pode expandir as suas vendas para o território europeu todo.

Exemplos de negócios de sucesso em Portugal

Se você ainda não se convenceu que ter novos negócios em Portugal é uma boa ideia, separamos aqui alguns exemplos de sucesso que poderão te inspirar para você poder tirar a sua ideia do papel.

LUGGit

Uma empresa que é dedicada para facilitar a vida dos turistas!

Fundada em 2019, a LUGGit foi cria da incubadora Startup Lisboa. A ideia da empresa é oferecer coleta de bagagem em tempo real, armazenamento de bagagem e entrega através de um aplicativo, poupando cada viajante de carregar sua bagagem antes do check-in e depois do check-out.

Para quem sabe das ladeiras de Portugal, esta empresa criou uma grande ideia!

Em 2019, os fundadores puderam lançar o produto em Lisboa e Porto, e ganharam um programa de aceleração, e foram indicados para um prêmio de inovação da OMC e arrecadaram sua primeira rodada de financiamento de 400 mil euros com a Portugal Ventures. Nos próximos anos, eles planejam expandir-se pela Europa, portanto, confira-os da próxima vez que visitar uma cidade.

Virtuleap

Focada na área de tecnologia e inovação atrelada com a educação e também no bem-estar e saúde cognitiva, esta empresa, fundada em 2018, em Lisboa, oferece soluções utilizando a realidade virtual (VR).

A tecnologia criada pela empresa leva a avaliação cognitiva e o treinamento a um novo nível, reunindo jogos, AI (inteligência artificial), educação e saúde. 

O aplicativo ‘Enhance’ oferece um exercício cognitivo diário de jogos curtos, intensos e divertidos cientificamente projetados para ajudar a aumentar a atenção e os níveis de concentração. Estes jogos de treinamento testam e treinam várias habilidades cognitivas como memória, resolução de problemas, orientação espacial e controle motor. 

A startup, desde a sua fundação, já levantou mais de 485 mil euros em financiamento, para colocar em prática seus planos de liderar o mercado.

Stratio

A empresa une a melhoria dos serviços de logística, bem como a redução de consumo de combustível e consequente emissão de gases poluentes.

A Stratio utiliza ferramentas tecnológicas e de inteligência artificial para automatizar a detecção de anomalias e falhas em automóveis, principalmente de frotas de caminhões e ônibus. 

Recentemente, a empresa começou a operar também com fabricantes de veículos, visando melhorar a qualidade do produto vendido pela indústria automobilística.

O objetivo da Stratio é prevenir a quebra dos veículos nas estradas, aumentando a vida útil do automóvel. 

Em 2019, a empresa levantou um financiamento inicial de 3 milhões de euros.

Bom, se as ideias acima te inspiraram, é hora de colocar a mão na massa!

Por Fernanda Terron

Advogada, escritora e empreendedora na Europa. Sou aquela que deixou a rotina das 09h às 18h em grandes empresas para viver a experiência do desconhecido, primeiro, desbravando Portugal e, hoje, a Alemanha. Nesta vida que levo, descobri que viver pode ser bem descomplicado, dependendo da forma como você enxerga o mundo e das pessoas que você encontra no caminho.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.