Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

A modalidade de empresa que ganhou os mercados mais modernos do mundo e virou sinônimo de status e lugar de mentes criativas, é também o modelo de negócio favorito na Europa! Se você está pensando em empreender, que tal abrir uma startup em Portugal?

Vamos te contar aqui o que você precisa saber.

O que é uma startup?

Startups podem ser definidas como aquelas empresas jovens fundadas para desenvolver um produto ou um serviço único e inovador, que irá fazer diferença na sociedade e que, quando colocado no mercado, irá torná-lo irresistível e insubstituível aos seus clientes. 

Não é muito certo a partir de quando o conceito de Startup começou a ser utilizado  pela sociedade. Uns dizem que foi após a grande depressão, nos anos 30. Outros sustentam que a expressão se originou com o avanço da tecnologia, nos anos 90.

De qualquer forma, o que importa é que este conceito chegou para ficar e, desde que o Vale Silício virou berçário de empresas inovadoras, as Startups ganharam uma importância econômica tão grande que todos os países brigam para ser a sede das melhores ideias inovadoras.

Sendo assim, Portugal não foi na contramão, e desde 2018 investe pesado em programas de incentivo para o desenvolvimento de startups em seu território, como o Startup Portugal+.

Então, se você está pensando em empreender em terras lusitanas, talvez seja uma boa ideia avaliar a possibilidade de abrir uma Startup em Portugal e vamos te contar como, aqui!

Startup é só para tecnologia?

Esta dúvida é complexa, pois tudo repercute no mundo virtual.

Temos hoje muitas empresas que criam um modelo de negócio inovador, mas usando técnicas totalmente analógicas, ou seja, criada no mundo real.

Startup se relaciona com a procura de novos mercados e desenvolvimento de serviços e ou produtos de forma visionaria.

Embora relacionada muitas vezes com o desenvolvimento tecnológico, o conceito de Startup não visa excluir outros tipos de mercados.

Neste meio é possível entrar empresas, de ramos de educação, alimentação, clubes de assinatura e muitos outros tipos de negócios.

Quando falamos de Startup, o universo é o limite desde que seu modelo de negócio seja, inovador, repetível e escalável.

O que avaliar na hora de abrir uma Startup em Portugal?

Se você já possui uma ideia brilhante e inovadora, antes de sair correndo para fazer qualquer coisa, leve em conta os seguintes pontos na hora de abrir uma startup em Portugal:

Entenda o mercado português

Antes de abrir uma startup em Portugal, estudar o mercado onde você está pensando em lançar a sua ideia será o seu primeiro dever de casa.

  • Quem serão os seus clientes? 
  • O seu produto ou serviço é essencial para o seu público alvo? 
  • Os seus clientes irão conseguir pagar pelo serviço ou produto? 
  • Você vai conseguir escalonar as suas vendas? 
  • Em quais territórios você irá atuar? 
  • Você dependerá de serviços de logística? 
  • Precisará de investimentos? Se sim, quais? 

Conheça a sua concorrência

Saiba que você não é o único empreendedor em Portugal e possivelmente você terá concorrentes!

Como Portugal é um território pequeno, não pense que seu negócio irá atender somente o território português, mas pense grande e tente estudar a concorrência em todo o território europeu!

Saiba sobre as leis locais

Lembre-se que Portugal, apesar de ter uma cultura muito parecida com a do Brasil, possui legislação diferente e, ainda é membro da União Europeia, o que gera obrigações adicionais.

Assim, conhecer as leis que se aplicarão ao seu modelo de negócios é essencial, para poder garantir uma maior segurança e evitar dor de cabeça.

Um exemplo de legislação que é muito importante e gera repercussões graves quando descumprida, é a lei de proteção de dados da União Europeia (GDPR)

Além dela, as regras fiscais e de importação e exportação também são pontos que merecem muita atenção.

Como fazer um bom plano de negócios

Possivelmente, quando você pensar em abrir uma startup em Portugal, o primeiro documento que deverá ser preparado é um bom plano de negócios.

O documento, que será o início do seu sucesso em Portugal, com certeza será objeto de avaliação por qualquer incubadora, empresa de investimento, bancos e qualquer sócio que esteja interessado em investir na sua ideia.

Para te ajudar no processo de desenvolvimento do seu Plano de Negócios, você poderá conferir algumas dicas, aqui, que foram criadas pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação – IAPMEI, de Portugal. 

Considerações feitas, vamos abrir uma startup em Portugal?

startup em portugal

Como abrir uma startup em Portugal?

Com o plano de negócios em mãos, é hora de seguir com a sua ideia inovadora e investir em uma startup em Portugal.

Abrir uma empresa em Portugal é relativamente simples e rápido, basta você acessar ao serviço Empresa Online e seguir com o cadastro de abertura da sua empresa, através do programa Empresa na Hora ou também, se preferir, poderá se dirigir até uma Loja do Cidadão, onde poderá realizar o cadastro pessoalmente.

Os custos iniciais para abrir a empresa em Portugal, é de €360,00, podendo variar para mais, a depender do tipo de empresa que você irá abrir, pois algumas modalidades exigem a contratação de um contabilista (contador).

Posso abrir uma Startup em Portugal, sendo brasileiro?

Sim! Portugal agradece os investimentos estrangeiros. Tanto é verdade que existem modalidades de vistos que foram criadas justamente para aqueles que desejam empreender em Portugal.

Visto D2 para empreendedor

Startup Visa

Onde conseguir investimentos para Startups em Portugal?

Toda Startup começa com um capital próprio que logo acaba ou começa sem nenhum capital, somente como uma ideia e, por isso, depende tanto de investimentos externos.

Sabendo disso, em Portugal você encontrará inúmeras iniciativas que promovem a aceleração de Startups e poderão fazer as suas ideias decolarem!

Mas antes de submeter o seu pedido, tenha certeza que você já possui em mãos e tem como provar as seguintes características do seu negócio:

  • O caráter inovador do seu projeto
  • Potencial de crescimento
  • Escalabilidade do negócio
  • Perspectivas de fixação no país

Se através do seu Pitch você conseguir explicar tudo isso para o seu futuro investidor, com certeza você receberá algum investimento.

Sabendo disso, aqui, você encontra uma lista de todas as incubadoras certificadas de Portugal.

Quais incentivos o governo português fornece para as Startups?

Além de iniciativas privadas, muitos dos incentivos para fomentar o mercado de startups em Portugal, se originam do próprio governo.

Desde 2016, com a criação do StartUP Portugal – Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, pelo Ministério da Economia, o país lusitano possui como objetivo fomentar o espírito empreendedor em seu território e tornar Portugal um dos mercados mais atrativos da Europa.

Pensando nisso, o Governo também oferece inúmeros programas de incentivo, especialmente em seus Municípios que querem desenvolver tecnologias urbanísticas, de preservação ao meio ambiente, soluções para melhoria da educação, saúde etc.

Um exemplo de tais iniciativas é a Startup Lisboa, que já promoveu o investimento em 400 Startups e já gerou mais de 3.500 empregos.


Cenário de Startups em Portugal

Portugal vem inovando e criando um ambiente totalmente propício para Startups, desenvolvendo diversos incentivos para estrangeiros abrirem sua Startup em terras lusitanas.

Vários programas já vem aproximando Portugal como uns dos principais destinos dos empreendedores inovadores, reformando o ecossistema e a capacidade de financiamento das empresas tecnológicas, e fomentando a competitividade da economia.

O que elevou a quantidade de Startups em Portugal, e da mesma maneira, as empresas tecnológicas  também cresceram, aparecendo os primeiros unicórnios portugueses Farfetch, Outsystems entre outras.

Por Fernanda Terron

Advogada, escritora e empreendedora na Europa. Sou aquela que deixou a rotina das 09h às 18h em grandes empresas para viver a experiência do desconhecido, primeiro, desbravando Portugal e, hoje, a Alemanha. Nesta vida que levo, descobri que viver pode ser bem descomplicado, dependendo da forma como você enxerga o mundo e das pessoas que você encontra no caminho.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.