Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Morar em Viseu é se deparar com belezas naturais, parques e espaços verdes perto dos rios Vouga e Dão. Além disso, as ruas são tranquilas e a população local é receptiva, o que faz de Viseu uma das melhores cidades para se viver em Portugal.

A receita que inclui boa qualidade de vida  em um município de cerca de 100 mil habitantes, constitui um dos atributos da cidade.

Acompanhe o nosso conteúdo e saiba onde fica Viseu, como é morar na cidade, informações a respeito de saúde, educação, custo de vida e atrativos.

Boa Leitura.

Onde fica Viseu?

Situada no centro-norte de Portugal, em um planalto rodeado por serras, Viseu tem cerca de 510 km² de área e localiza-se na província da Beira Alta, Região do Centro e sub-região do Dão-Lafões.

É sede de distrito e de concelho e faz divisa a norte pelo concelho de Castro Daire. A nordeste por Vila Nova de Paiva, a leste por Sátão e Penalva do Castelo, a sudeste por Mangualde e Nelas, a sul por Carregal do Sal, a sudoeste por Tondela, a oeste por Vouzela e a noroeste por São Pedro do Sul.

Nas proximidades de Viseu encontram-se a Serra da Estrela, o Vale do Douro, a cidade de Aveiro, aldeias históricas, Passadiços do Paiva e a Floresta Nacional do Buçaco.

Um ponto positivo é que o município está a cerca de 90 km de Coimbra, 129 km do Porto e 296 km de Lisboa; ou seja, se você pretende morar em Viseu terá acesso facilitado a estes outros centros urbanos.

O clima em Viseu

Com um clima mediterrânico que sofre influência continental e marítima, o inverno em Viseu é úmido e frio.

Possui temperaturas médias mensais perto dos 9°C. Em contrapartida, o verão é quente e seco, com máximas próximas dos 35°C.

Como é morar em Viseu?

Não há como negar os encantos que realçam a bela arquitetura medieval da cidade e remontam os palácios que foram dos nobres e senhores da Igreja. As construções levantadas em pedra de granito aparecem nas praças e nos jardins arborizados e são evidenciadas por meio do patrimônio que testemunha a tradição e a história de Viseu.

Em 2018, Viseu foi consagrada a “Cidade Europeia do Folclore” através do Festival Europeade.

Já, em 2019, foi destaque como “Destino de Gastronomia”. Portanto, torna-se comum saborear belos pratos e encontrar, em passeios rotineiros, bons motivos para se apaixonar por este lugar do Centro-norte de Portugal.

É justamente a variedade de opções em gastronomia e a charmosa arquitetura que fazem turistas e moradores terem uma boa avaliação quando questionados sobre lojas, comércios e pontos turísticos locais.

viseu
Cidade de Viseu

Morar em Viseu também significa uma oportunidade para apreciar excelentes vinhos, pelo fato da região ser rodeada de vinhedos. O município possui um dos melhores vinhos de Portugal e não é à toa, já que está na Região Demarcada do Dão, a segunda mais antiga do país para a produção da bebida.

Dentre os pratos da gastronomia regional, destaque para a vitela assada à moda de Lafões. Mas as delícias gastronômicas não param por aí, você pode encontrar ótimas confeitarias e restaurantes reconhecidos nacionalmente por quem é amante da gastronomia portuguesa.

Curiosidade sobre a cidade

Uma curiosidade relacionada à Viseu: no passado, a cidade foi uma grande encruzilhada no período dos romanos, que a elegeram para um acampamento militar, um dos maiores da Península Ibérica. Durante esta época, Viseu foi palco de ataques por parte de tropas militares. Foi então que o rei D. João I, com o intuito de proteger o lugar, comandou a construção de muralhas e portões para resguardar o município. Duas destas construções existem até os dias de hoje e são a Porta do Soar e Porta dos Cavaleiros.

Freguesias de Viseu

O concelho de Viseu está dividido em 25 freguesias: Abraveses, Barreiros e Cepões, Boa Aldeia, Farminhão e Torredeita, Bodiosa, Calde, Campo, Cavernães, Cota, Coutos de Viseu, Fail e Vila Chã de Sá, Fragosela, Lordosa, Mundão, Orgens, Povolide, Ranhados, Repeses e São Salvador, Ribafeita, Rio de Loba, Santos Evos, São Cipriano e Vil de Souto, São João de Lourosa, São Pedro de France, Silgueiros e Viseu (centro).

Saúde

O sistema público de saúde em Portugal é reconhecido por ser modelo para outros países. Nas cidades do interior, o Sistema Nacional de Saúde funciona de maneira ainda mais eficiente, visto que o atendimento aos moradores é prático e se dá tanto em hospitais quanto em unidades de saúde. Não há grandes filas de espera e a agilidade dos serviços é satisfatória. No entanto, independente disso, também existem planos de saúde acessíveis e que podem ser contratados, caso a preferência seja por atendimento médico particular.

Com o documento PB4, um brasileiro, por exemplo, que vem morar em Viseu, pode ser acolhido em um hospital público.

E, mesmo depois de obter residência, consegue o número de utente, o que lhe dá permissão para ser assistido por médicos de família.

E também há a possibilidade da realização de agendamentos prévios de consulta, em unidades de saúde do município.

Se houver uma doença aguda ou outra dúvida, especialmente em tempos da pandemia pelo novo coronavírus, o indicado é que o paciente primeiro entre em contato com a unidade de saúde familiar (USF), antes de se deslocar ao local.

Assim, o indivíduo é resguardado e também consegue falar diretamente com o médico ou enfermeiro designado para atendê-lo.

Em Viseu as unidades públicas de saúde são a USF Viriato, USF Grão Vasco, USF Cidade Jardim, USF Viseu Cidade, USF Infante D. Henrique, USF Lusitana e USF Alves Martins.

Educação em Viseu

No que se refere à educação, Viseu conta com 116 escolas, dentre estas, em torno de 30 são classificadas como jardins de infância.

Ao todo, no município são cinco agrupamentos escolares, que atuam como central para as várias escolas.

Para matricular um filho de 3 a 5 anos no jardim de infância, por exemplo, a família brasileira apresenta o passaporte, o Número de Identificação Fiscal (NIF) e o cartão de vacinação transcrito da criança.

É possível verificar, junto aos agrupamentos escolares, uma unidade que se situe nas proximidades do local de moradia da criança ou do espaço de trabalho dos pais.

No que diz respeito aos institutos de educação, de acordo com a Direção-Geral de Ensino Superior, há o Instituto Politécnico de Viseu, que disponibiliza aos estudantes cursos de licenciatura, mestrado, pós-licenciatura, pós-graduação, Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) e cursos livres, espalhados por cinco Escolas Superiores. São mais de 5.700 estudantes, 355 docentes e 230 funcionários. No total, o Instituto Politécnico de Viseu oferece 29 cursos de licenciatura, 29 mestrados, 13 pós-graduações, 6 pós-licenciaturas e 29 CTeSP.

Em Viseu foi construído, também, um Campus da Universidade Católica Portuguesa, distribuído em uma área de aproximadamente 24.000 m² e composto por cinco edifícios. Dispõe de centros de informática, com salas de computadores, em livre utilização aos estudantes, salas de tradução-interpretação, laboratórios de estudo e investigação, sala multimídia com possibilidade de videoconferência, auditórios, uma biblioteca e uma clínica universitária. O Centro Regional de Viseu é constituído pela Faculdade de Medicina Dentária (FMD-Viseu) e pelo Instituto de Gestão e das Organizações da Saúde (IGOS), onde ocorrem os cursos de licenciatura em Gestão e Ciências Biomédicas, mestrado integrado em Medicina Dentária, mestrado em Gestão, além de outras pós-graduações, formações avançadas e ainda cursos de especialização.

Conheça mais sobre cursos técnicos em Portugal

Custo de vida em Viseu

Se a sua vontade é morar em Viseu e não gastar muito com aluguel, pode ter sucesso. Isto porque vai pagar, em um apartamento de 1 quarto, o chamado T1, no centro da cidade, entre €  350,00 e € 500,00 . Um imóvel de três quartos, o T3, também no centro da cidade, varia de € 500,00 a € 700,00 . Mas, o mesmo apartamento, em uma área um pouco distante do espaço central, pode custar de € 400,00 a € 500,00.

Serviços mensais básicos que incluem eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo, para um apartamento de 85m², vão de € 60,00  a € 120,00 , dependendo do consumo de cada morador. O preço que vai pagar pela internet oscila de € 25,00 a € 40,00.

Quanto aos transportes públicos, um bilhete de ônibus pode sair € 1,30. Se a ideia é adquirir um passe mensal, o custo é em torno de € 30,00 .

E quando o assunto se refere às refeições fora de casa, seja para aproveitar um belo dia de passeio em família ou mesmo por querer uma folga da cozinha de casa, um almoço em um restaurante econômico pode variar entre € 5,00 e € 12,00. Em uma refeição para duas pessoas, em um restaurante de custo médio, você vai pagar de € 20,00 a € 30,00, com bebidas incluídas. Ou seja, morar em Viseu pode ser bem interessante se a sua intenção também é economizar nos gastos fixos mensais.

Leia mais: Custo de Vida em Portugal atualizado

O que fazer em Viseu?

Há um shopping bem famoso na cidade, que é o Palácio do Gelo. Um centro comercial que possui 60 lojas com as melhores marcas nacionais e internacionais e o maior hipermercado da região. Existem atrativos como cinema com imagem 3D Digital, terraços panorâmicos e diversos espaços de entretenimento para crianças e adultos, incluindo a maior pista de gelo da Península Ibérica.

Para quem gosta de festas populares, o município possui uma vasta programação. Alguns dos eventos são a Feira de São Mateus, a Festa das Vindimas e as festividades do mês de junho, com apresentações musicais, brinquedos para garantir a diversão de todos, venda de produtos locais e outras novidades para a população.

Vale a pena conhecer a Praça da República (Rossio) e, na mesma região, observar os diferentes tipos de chafariz, o Painel de Azulejos e os jardins floridos que fazem parte da cidade. Na Rua Direita, você consegue visitar o Teatro Viriato e, na região da Sé, aprecia a Catedral de Viseu e o Museu Grão Vasco.

viseu
Catedral de Viseu

São muitas as alternativas oferecidas como entretenimento. Por este motivo, se você pretende morar em Portugal, coloque Viseu entre suas preferências e não se arrependerá.

Se tem curiosidade em saber como obter vistos de residência ou se deseja adquirir a Nacionalidade Portuguesa, mande uma mensagem para o nosso escritório. Ou marque uma consultoria agora mesmo.

Por Naiara Andrade

Naiara Andrade é brasileira, catarinense e jornalista. Tem experiência em produção de conteúdo, mas também em outras atividades nas áreas da Publicidade e do Marketing Digital. Já morou na Irlanda, onde aprimorou um segundo idioma. Atualmente reside em Portugal e cursa Mestrado em Comunicação Estratégica, na UBI. Apesar de gostar muito do mar, Naiara aprendeu a apreciar as montanhas. Apaixonada por música, ela adora viajar, curte cinema e está sempre aberta a novos desafios pelo caminho.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.