Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

A Uni Beira Interior conta com 8 a 10 mil alunos, espalhados por cinco faculdades – Artes e Letras, Ciências, Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Humanas, além de Engenharia. Se a sua intenção é saber mais sobre a estrutura, os laboratórios e o apoio à investigação prestado por esta Universidade de Covilhã, no Centro-norte de Portugal, acompanhe o conteúdo! Boa leitura.

Conheça a Universidade de Covilhã em Portugal: Uni Beira Interior

Uma das instituições de ensino portuguesas em clara expansão no centro de Portugal, a Uni Beira Interior recebe alunos vindos de várias regiões do país, de nações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e de outros países que escolhem as terras lusitanas para uma temporada de estudos.

A Universidade de Covilhã é uma entidade pública, considerada uma das 150 melhores universidades jovens do mundo (Times Higher Education Young University Rankings, 2017).

Tudo começou em 1973 com o Instituto Politécnico, que promoveu os cursos de Engenharia Têxtil e Administração e Contabilidade. Apenas em 1986 é que o título de Universidade da Beira Interior (UBI) foi concedido ao estabelecimento de ensino.  

A divisão dos polos universitários é feita de acordo com os cursos ofertados aos estudantes. Assim, o polo I inclui o Departamento de Informática, o Departamento de Física, o Departamento de Química, o Departamento de Comunicação e Artes, o  Departamento de Letras, o Departamento de Ciências e Tecnologias Têxteis e o Departamento de Ciências e Tecnologias do Papel.

Outras estruturas como os Serviços Acadêmicos também estão situados neste espaço.

Depois, há o Bloco das Engenharias, que abriga o Departamento de Engenharia Eletromecânica, o Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura e o Departamento de Ciências Aeroespaciais.

Na sequência, o polo II, onde se localizam a reitoria e restantes serviços administrativos, como os Serviços de Ação Social (SASUBI), a maioria das residências universitárias, o Departamento de Ciências do Desporto e os dois pavilhões de esporte.

Já o polo III é o local onde está situada a Faculdade de Ciências da Saúde e o UBIMedical. Por fim, o polo IV, que abrange a área de Gestão e Economia, o Departamento de Sociologia e o Departamento de Psicologia e Educação.

Cursos da Universidade de Covilhã

De acordo com o site da própria Uni Beira Interior, ela é qualificada como uma das melhores instituições de Ensino Superior quando se trata de “Computer Sciences & Engineering”.

Isto segundo o Ranking de Xangai, um dos mais competitivos em referência educacional mundial. Em complemento a esta informação, o Academic Ranking of World Universities (ARWU), antes, em 2018, havia considerado a excelência da Engenharia da UBI, no que se refere às áreas da Eletrotécnica, Eletromecânica e Eletrônica.

A Uni Beira Interior também conquistou destaque, em 2018, no U-Multirank. Conforme divulgação de relatórios, o que houve foi um crescimento exponencial da qualidade dos cursos nos seguintes campos: Medicina, Psicologia e Sociologia.

Universidade de Covilhã - uni beira interior
Uni Beira Interior – Covilhã

Não por acaso, a entidade entra em evidência se o assunto envolve os cursos na área de Saúde.

No de Medicina, mais especificamente, a grade curricular sublinha alguns possíveis caminhos na carreira para os que finalizam o curso: atuação como Médico no Sistema Nacional de Saúde (hospitalar, medicina geral e familiar, saúde pública, medicina legal); ou como Médico do Trabalho; Médico de Desporto; Médico da Indústria Farmacêutica – com Investigação básica e clínica, além de Médico em regime liberal – Carreira Docente.

A Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) é onde os alunos podem estudar, ainda, licenciaturas em Ciências Biomédicas e Optometria – Ciências da Visão, bem como realizar o Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas e os Mestrados em Ciências Biomédicas, Gerontologia e Optometria em Ciências da Visão.

Já os doutorados, chamados em Portugal de Doutoramentos, são em Biomedicina, Ciências Farmacêuticas e Medicina. Para a Universidade da Covilhã, o primordial dentro da Faculdade de Ciências da Saúde é promover investigação científica de grande qualidade nas áreas clínicas, bioquímicas e epidemiológicas.

Nota do ENEM para o ingresso na Uni Beira Interior

Os alunos brasileiros podem utilizar as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para validar as inscrições nos cursos de Licenciatura ofertados pela Universidade de Covilhã. Mesmo que a nota do ENEM não seja satisfatória, o interessado em estudar na Uni Beira Interior pode comprovar as notas ao longo de sua atividade escolar por meio de outros documentos.

Vale lembrar que, dentre a documentação fundamental para a candidatura dos cursos de Licenciatura (ano letivo 2020/2021), exige-se: Documento de identificação pessoal e/ou passaporte, Documento comprovativo da conclusão do Ensino Médio, Documento com o resultado do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

É necessário enviar os dados apostilados. Caso tenha dúvidas, consulte um cartório ou tabelionato para saber mais a respeito.

Uma informação importante é que a UBI disponibiliza bolsas que permitem aos estudantes internacionais de graduação o pagamento de uma anuidade igual à que é paga pelos estudantes portugueses (697€).

No entanto, para isso, os alunos precisam alcançar as melhores notas de candidatura através do ENEM.

Qual é o prazo para inscrição?

Ao considerar o ano letivo correspondente a 2021/2022, relativo aos cursos de graduação, a universidade informa que a primeira fase de candidaturas decorre de 2 de março a 30 de abril; a segunda fase vai de 1 de junho a 9 de julho; e a terceira fase de 4 de agosto a 31 de agosto.

Os prazos para inscrições nos cursos de Mestrado e Doutoramento seguem datas diferentes, com a primeira fase que vai de 15 de fevereiro a 9 de abril; a segunda de 17 de maio a 2 de julho; a terceira de 2 de agosto a 3 de setembro e a quarta fase, que se estende de  27 a setembro a 15 de outubro.

A taxa a ser paga pela candidatura corresponde a 30€ no caso de cursos de graduação e a 15€ para os cursos de Mestrado e Doutoramento.

Quanto custa estudar na Universidade?

Os valores a serem pagos anualmente ou mensalmente, conhecidos por “propinas”, variam a depender das áreas de estudo na Universidade de Covilhã em Portugal. Portanto, é válido que o estudante esteja ciente disso no momento da inscrição.

No que diz respeito às Licenciaturas ou Mestrados Integrados, os estudantes internacionais pertencentes à CPLP contam com redução de 40% na anuidade.

Ou seja, ao invés de pagarem 5.000€ em prestação única ou até 10 prestações de 500€, passam a pagar 3.000€ anuais ou 10 prestações de 300€, o que significa uma vantagem.

Para o Mestrado comum, o estudante internacional da CPLP também possui redução de 40% no valor das propinas. Deste modo, paga, na maioria dos cursos, uma prestação única de 1.200€ a 1.500€, ou parcela estes valores em 10 vezes.

Os Doutoramentos nas Áreas de Ciências, Engenharia e Ciências da Saúde custam uma prestação de 2.000€, com possibilidade de parcelamento. Nas Áreas de Ciências Sociais e Humanas e Artes e Letras, o custo cai para 1.625€, também admitindo o parcelamento.

Quanto custa viver em Covilhã?

A estimativa de custo de vida em Covilhã não é elevada, visto que, na comparação com cidades maiores e com os grandes centros urbanos (Lisboa e Porto), a cidade oferece alternativas para que o estudante passe o mês com poucos gastos e tenha, mesmo assim, boa qualidade de vida.

Desde que a cidade começou a receber mais pessoas, em razão da Universidade, as imobiliárias e construtoras também passaram a investir em residências e apartamentos que são alugados com frequência.

Alguns jovens optam por morar na residência estudantil da Universidade de Covilhã e, com isso, conseguem pagar de 100 a 170€ por mês em seus quartos, individuais ou compartilhados.

Se a preferência for por um aluguel de um estúdio, o chamado T0, o valor pago mensalmente será de €200 a €350. Os apartamentos de 1 quarto, chamados de T1, podem custar de € 270,00 a € 400,00, na região central. Mas o preço mensal de um apartamento de 2 quartos (T2) varia entre € 350,00 e € 550,00.

Em relação aos custos com eletricidade, aquecimento, água e lixo, por exemplo, estes oscilam entre € 50,00 até € 100,00 por mês. Serviços como TV a cabo, internet e telefone ficam na média de € 40,00 mensais.

As refeições em um restaurante econômico vão de € 5,00 a € 9,00 em um menu simples. E uma refeição para duas pessoas, em um restaurante de preço médio, pode custar de € 15,00 até € 30,00, com bebida e café inclusos.

Quando o tema engloba transportes, o bilhete do ônibus (autocarro) tem valor de € 1,30 e, o passe mensal, que é recarregado através de um cartão, pode custar de € 20,00 a € 25,00, a depender da distância.

Como você pôde observar, morar na Covilhã pode ser, sim, muito vantajoso. E a Uni Beira Interior é um excelente local para que você tenha a oportunidade de estudar fora do Brasil, com a chance de conviver com alunos vindos das mais diferentes partes do mundo!

Por Naiara Andrade

Naiara Andrade é brasileira, catarinense e jornalista. Tem experiência em produção de conteúdo, mas também em outras atividades nas áreas da Publicidade e do Marketing Digital. Já morou na Irlanda, onde aprimorou um segundo idioma. Atualmente reside em Portugal e cursa Mestrado em Comunicação Estratégica, na UBI. Apesar de gostar muito do mar, Naiara aprendeu a apreciar as montanhas. Apaixonada por música, ela adora viajar, curte cinema e está sempre aberta a novos desafios pelo caminho.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.