Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

Descubra qual o salário em Portugal em 2022 e quais as profissões que ganham mais no país europeu. Entenda o poder de compra comparativamente ao Brasil e o que é realmente um bom salário em Portugal.

Se você está planejando trabalhar em Portugal e está na fase de planejamento, é importante conhecer os salários em Portugal e descobrir se vale a pena imigrar para o país luso.

Confira a seguir todas as informações sobre como está o mercado de trabalho em Portugal.

Qual o salário mínimo em Portugal em 2022?

O salário mínimo em Portugal em 2022 é de € 705,00.

Mas se formos levar em conta que no país pode-se receber até 14 salários por ano, a média sobe e fica em € 822,00.

Já comparativamente com outros países membros da União Europeia,  Portugal surge em 11º com salário mínimo mais baixo.

O novo salário em Portugal foi aprovado pelo presidente no fim de 2021 e começa a valer em janeiro de 2022. O aumento em relação a 2021, foi de € 40,00. 

Além deste aumento, o governo português tem como objetivo subir o salário para € 750,00 até 2023. 

O custo de vida em Portugal têm aumentado nos últimos anos e infelizmente um salário mínimo não é suficiente para sustentar uma família, principalmente por conta dos altos preços do aluguéis que vem sendo praticados. Entretanto, quem possui formação superior e experiência na área pode conseguir melhores salários em Portugal.

De acordo com o INE (Instituto Nacional de Estatística), o salário médio em Portugal aumentou para € 1.326,00 bruto. Ganham esse salário principalmente pessoas com formação superior ou formação técnica na área e que trabalham nas grandes cidades do país. 

Dos trabalhadores de Portugal, cerca de 750 mil ganham apenas um salário mínimo por mês. 

Salário médio em Portugal por profissão

Confira a seguir a tabela de salários de profissões em Portugal. Veja os valores médios do salário em Portugal por profissão:

Garçom: € 679,00

Vendedores: € 703,00

Técnico de contabilidade: € 703,00

Ajudante de cozinha: € 721,00

Secretária: € 759,00

Administrador de sistemas: € 823,00

Designer gráfico: € 852,00

Cabeleireiro: € 1.051,00

Soldadores e serralheiros: € 1.200,00

Engenheiro de software: € 1.311,00

Motorista de caminhão: € 1.500,00

Cirurgião dentista: € 2.409,00

*Fonte: Meu Salário

Salário médio em Portugal por atividade econômica

Eletricidade, gás e água: € 2.914,70

Atividades financeiras: € 2.305,20

Transportes: € 1.384,80

Indústrias extrativas: € 1.296,00

Educação: € 1.243,10

Indústrias transformadoras: € 1.068,40

Venda e reparação de veículos: € 1.066,00

Administração pública: € 1.056,20

Saúde: € 1.009,00

Construção civil: € 967,00

Agricultura, produção animal, caça, silvicultura e pesca: € 850,40

Hotéis e restaurantes: € 788,30

*Fonte: PORDATA.

*Os valores calculados pelo instituto de pesquisa são médias salariais por atividade, com horas extras, subsídios e premiações. 

Salários em Portugal por cidades

As cidades com salários mais altos em Portugal são Lisboa, Oeiras, Cascais, Sintra, Faro e Porto. A grande concentração de empresas multinacionais está na capital Lisboa e na cidade de Oeiras, na Grande Lisboa. 

Por lá há uma grande oferta de trabalho para profissionais qualificados que querem imigrar.  Já na região do Algarve, há bastante oferta de emprego na área de hotelaria e restaurantes, principalmente durante a alta temporada de verão (de junho a setembro).  

Portanto, se você tem interesse em trabalhar em Portugal, pesquise as vagas abertas nos sites das empresas, em empresas de recrutamento, envie seu currículo e planeje sua mudança de país com tempo e muito planejamento. Lembrando que o visto de trabalho para Portugal, ou visto de investimento, deve sempre ser feito ainda no Brasil, no Consulado de Portugal no Brasil.  

Profissões para brasileiros em Portugal

Os brasileiros que chegam a Portugal para trabalhar no país estão cada vez mais qualificados. Muitos já vem com formação superior, contrato de trabalho e buscam uma recolocação no mercado de trabalho português. 

Os profissionais de TI (Tecnologia da Informação) com experiência têm sido os mais desejados pelas grandes empresas portuguesas e multinacionais instaladas no país. Mas na área de serviços ainda estão a grande maioria dos brasileiros que vêm para trabalhar em Portugal. Salões de beleza, padarias, cafés, restaurantes e entregas têm estado no topo da lista das principais atividades. 

Comparativo poder de compra Brasil x Portugal (salário mínimo)

Em termos de poder de compra em Portugal, se comparado com o Brasil, precisamos calcular o valor do salário mínimo nacional. 

Salário mínimo Brasil em 2022: R$ 1.210,44 (previsão com base no INPC)

Salário mínimo Portugal em 2022: € 705,00 

Com um salário mínimo em Portugal compra-se 1.410 litros de leite (preço médio de € 0,51). 

Já no Brasil, você compra 403 litros de leite (preço médio de R$ 3,00).

Veja outras comparações do poder de compra:

Portugal: Arroz (1 kg) € 0,99: você compra 712 quilos com um salário mínimo;

Brasil: Arroz (1 kg): R$ 4,40: você compra 275 quilos com um salário mínimo.

Portugal: Dúzia de ovos € 1,69: você compra 417 dúzias com um salário mínimo;

Brasil: Dúzia de ovos R$ 6,90: você compra 175 dúzias com um salário mínimo

Portugal: Bananas (1 kg): € 0,99: você compra 712 quilos com um salário mínimo;

Brasil: Bananas (1 kg): R$ 4,40 você compra 275 quilos com um salário mínimo.

Supermercado em Portugal: preços e as principais redes.

Quanto é um bom salário em Portugal?

Essa é uma questão relativa, pois cada pessoa tem uma ideia diferente do que é um bom salário em Portugal, com base nas suas necessidades e desejos específicos. 

Mas, vamos estabelecer uma média para um casal de jovens adultos e sem filhos, elencando os preços de custos básicos mensais, para você conseguir fazer seus cálculos de forma mais realista e conforme o seu estilo de vida.

Como visto nos tópicos anteriores, o salário mínimo em Portugal 2021 foi de € 665,00 e, que subirá para € 705,00 em 2022, e assim seguir com os planos do governo de aumentar para € 750,00 até 2023. 

Além disso, muitas profissões que exigem alguma formação superior ou técnica, chegam a pagar uma média de €1.326,00 brutos.

Supondo que cada pessoa receba um salário nesse valor, juntos, o casal ganha € 2.652,00 por mês. Independentemente da região em que for viver, e do perfil de consumo de cada pessoa, é possível ter qualidade de vida em Portugal com esse valor.

Claro, considere ver nossos artigos sobre as cidades com custos mais altos, como Lisboa e Cascais, por exemplo, onde todos os custos que você verá a seguir podem subir pelo menos um terço do valor.

Essa média que faremos é para quem deseja vir para Portugal ter uma vida tranquila e simples, sem luxos e sem ficar rico, mas muito feliz. Vamos ver o que dá pra fazer com esse dinheiro e quanto sobra para despesas extras.

O que dá pra fazer com um bom salário em Portugal?

Esse valor de € 2.652,00 pode ser considerado um bom salário em Portugal para um casal sem filhos, principalmente nas cidades com custo de vida mais baixo, onde é possível encontrar imóvel para alugar entre € 450,00 e € 650,00 por mês. Vamos estabelecer a média de € 650,00 para o aluguel. 

Em cidades menores, mesmo que estejam perto das cidades referência, esse preço de aluguel é bem realista para apartamentos ou casas em uma região próxima do centro e, muitas vezes, o imóvel já é mobiliado, evitando custos com móveis. Veja outros custos:

Contas básicas da casa

Aqui temos energia elétrica, gás, água e internet/telefone. Esses preços vão variar conforme a época do ano, ficando mais altos no inverno, quando se gasta mais com o aquecimento da casa, seja com radiadores a gás, lenha para lareira ou aquecedores elétricos. A internet e telefone também variam conforme o plano que você escolher, numa média de € 35,00 a €60,00, já com plano para dois celulares. Então, em média, podemos considerar um gasto de € 180,00 com esses custos. 

Supermercado

Nesse tópico é ainda mais relativo, pois os hábitos alimentares de uma pessoa podem ser totalmente diferentes dos hábitos de outra. Só que, a grande vantagem, como você já viu em tópicos anteriores, é que os preços são viáveis nos supermercados em Portugal, principalmente com relação aos preços que estão sendo praticados no Brasil atualmente com a inflação.

Isso significa que você consegue fazer uma boa compra semanal com € 70,00, trazendo pra casa mais de um tipo de carne, podendo comer uma coisa diferente a cada dia, comprando bons vinhos e até umas guloseimas ou alimentos para quem tem restrições alimentares. Considerando as 4 semanas do mês, o supermercado sai por € 280,00 mensais. 

E é válido lembrar que, se o casal não for gastar muito com variedades de produtos, preferindo consumir produtos mais básicos, é possível gastar até menos do que isso. Também é importante lembrar que todos os supermercados mais conhecidos em Portugal têm sua própria marca de produtos, que são muito mais baratos e de ótima qualidade.

Transporte

Se um casal for se locomover pela cidade usando ônibus, o passe mensal médio no país custa € 40,00. Em algumas cidades é mais barato, e pode ser ainda mais, se o casal for estudante. Mas, considerando essa média, o custo com transporte público fica € 80,00 por mês para o casal.

Podemos adicionar aqui mais uns € 40,00 para táxi ou Uber, no caso de sair à noite e precisar voltar para casa de madrugada, num horário em que os ônibus e trens estão parados. Então, € 120,00 com transporte.

Se tiver um carro próprio e for andar apenas dentro de uma cidade pequena diariamente, esse mesmo valor continua valendo para o combustível. E temos que considerar que, se o casal comprar um carro parcelado, terá o adicional da parcela mensal, que para um carro popular bom (usado) pode ficar em torno de € 150,00. 

Lazer

Claro que, quando se fala em um bom salário em Portugal, devemos considerar que precisa ser o suficiente para bancar algumas atividades de lazer. Afinal, para ter qualidade de vida, é importante poder sair para tomar um café, visitar pontos turísticos, ir a um barzinho, ao cinema, à academia, enfim.

Em cada cidade, os preços de pontos turísticos, consumo em bares e restaurantes, e o preço nas academias é variável. A média desses custos, então, pode ser de:

  • Academia – € 32,00 mensais por pessoa
  • Cinema – € 8,00 a sessão por pessoa
  • Barzinho – € 15,00 por pessoa
  • Visita turística – € 10,00 por pessoa
  • Café/restaurante simples – € 8,00 por pessoa

Somando essas atividades para um casal, e considerando que vão fazer essas atividades duas vezes por mês, chegamos a uma média de € 228,00 por mês com atividades de esporte e lazer. 

Saúde

Se for um casal jovem e saudável, os custos com saúde serão baixos. Aqui nesse tópico vale ressaltar a importância de cada pessoa fazer o seu número de utente para poder usar a saúde pública pagando preços mais baixos pelas consultas e exames. 

Mesmo assim, se o casal quiser pagar um plano de saúde particular, podemos considerar o mesmo custo de ir uma vez por mês ao médico fazer uma consulta e alguns exames simples, numa média de € 70,00. Mais algum custo com farmácia, apenas com itens simples que compra mensalmente, adicionamos cerca de € 50,00, totalizando € 120,00 com saúde por mês. 

É possível viver bem com esse salário em Portugal?

Bem, já fizemos uma média considerando um casal jovem e sem filhos, com custos básicos que praticamente todo mundo vai ter:

Aluguel – € 650,00

Contas básicas – € 180,00

Supermercado – € 280,00

Transporte – € 120,00

Parcela veículo – € 150,00

Lazer – € 228,00

Saúde – € 120,00

Total – € 1.728,00

A nossa média salarial para um jovem casal sem filhos foi de € 2.652,00 ao mês, e a média de custos básicos foi de € 1.728,00. Tivemos um saldo de € 924,00, o que é muita coisa. Ou seja, esse é um bom salário em Portugal, e você pode considerar ganhar um salário mais baixo do que isso, mantendo esse mesmo custo de vida, que tem bastante qualidade. 

Como pode ver, ainda sobra dinheiro para ir guardando como reserva de emergência e para ter custos extras que variam de família para família, como um passeio mais longo em outra cidade, um curso, compras de roupas e itens para a casa, impostos anuais, além de imprevistos com serviços que sempre podem surgir. 

Agora, faça os seus cálculos, removendo ou adicionando custos conforme o seu estilo de vida, e programe-se com mais facilidade para se mudar para Portugal e ter uma vida melhor. 

Empreendedorismo brasileiro em Portugal

Mas, os brasileiros que chegam para morar em terras portuguesas não vêm apenas para trabalhar, com um rendimento fixo de salário em Portugal. Vem  também para empreender. 

O número de empreendimentos brasileiros têm aumentado muito nos últimos anos. 

Com o incentivo do Governo português em promover vistos de residência como o D2 e o Startup Visa, muitas empresas novas oriundas do Brasil iniciaram suas atividades em Portugal.

Já se você tem interesse em empreender em Portugal, é importante que pesquise bastante sobre o mercado, faça um plano de negócios e analise todas as oportunidades e ameaças. 

Para fazer um investimento em euros, é importante que você saiba exatamente onde está entrando. Com pesquisa e informação, as chances de errar são menores. 

Por Pri Fortinho

Sou uma brasileira de Santa Catarina, graduada em Publicidade e Propaganda e especializada em redação criativa. Em 2017 me mudei para Portugal com o objetivo de conhecer novas culturas e refinar minha perspectiva sobre o mundo. A mudança de país me apresentou a um estilo de vida mais minimalista e à oportunidade de trabalhar produzindo conteúdo para inspirar as pessoas a buscarem mais qualidade de vida e bem-estar.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.