Horário de Lisboa: 15h13 € Cotação: Euro Hoje

Se você está planejando se mudar para Europa, precisa saber quanto custa uma casa em Portugal para comprar. Decidir entre alugar ou comprar vai depender do seu poder de compra e se pretende ficar bons anos no país europeu ou para sempre.

Por isso, hoje vamos te contar tudo sobre os preços dos imóveis e qual o valor do metro quadrado no país.

Onde comprar casa em Portugal?

Tão importante saber quanto custa uma casa em Portugal, é escolher onde comprar o imóvel.

E isto vai depender do que você vai fazer no país: trabalhar, empreender, curtir a aposentadoria ou estudar. Muitas famílias brasileiras têm escolhido Portugal para morar em busca de uma vida mais tranquila e com mais qualidade de vida.

Entretanto, existem cidades de vários estilos em Portugal: desde aldeias, vilas, com praia, serra, montanhas ou grandes centros.

Saber onde comprar casa em Portugal vai depender do seu estilo de vida, se gosta mais de interior, praia ou do agito das cidades maiores.

Lisboa e Porto são as principais cidades de Portugal em número de habitantes, empresas, startups, número de turistas e oportunidades de negócio. Porém, os preços dos imóveis são mais altos do que no interior do país.

Entretanto, comprar um imóvel em Lisboa ou no Porto significa boas oportunidades de investimento ou possibilidades de arrendamento.

Ainda na análise de quanto custa uma casa em Portugal, é levar em conta as regiões metropolitanas das maiores cidades e ao mesmo tempo estar próximo dos aeroportos e de onde tudo acontece.

Quanto custa o metro quadrado de uma casa em Portugal?

Nos últimos 12 meses, o valor médio do metro quadrado em Portugal foi de € 1.117, segundo dados do INE – Instituto Nacional de Estatística de Portugal.

O aumento no começo de 2021 foi de 3,3% em relação ao trimestre anterior e um acréscimo de 10,5% em relação ao primeiro trimestre de 2019.

Além disso, o preço médio das casas em Portugal se manteve abaixo do valor nacional nas regiões do Algarve (1.668 €/m2), área Metropolitana de Lisboa (1.515 €/m2), Região Autônoma da Madeira (1.250 €/m2) e na área  Metropolitana do Porto (1.136 €/m2).

Nesse período em análise, para saber quanto custa uma casa em Portugal,46 cidades portuguesas apresentaram um preço médio superior ao valor nacional. Essas estão localizadas principalmente nas sub-regiões Algarve (14 em 16 municípios) e na Área Metropolitana de Lisboa (15 em 18).

Já o município de Lisboa (3.333 €/m2) registou o preço mais elevado do país. Portanto, saber quanto custa comprar uma casa em Portugal antes de planejar sua mudança é fundamental.

Outra dica importante é visitar uma lista de cidades em potencial para morar, antes de escolher um lugar definitivo para comprar e ou investir um imóvel em Portugal.

Lista dos preços médios do metro quadrado em Portugal

Veja onde os valores são superiores a 1.500 €/m2:

Cascais (2.681 €/m2),

Oeiras (2.257 €/m2),

Loulé (2.221 €/m2),

Lagos (1.967 €/m2),

Albufeira (1.939 €/m2),

Porto (1.873 €/m2),

Tavira (1.864 €/m2),

Odivelas (1.847 €/m2),

Loures (1.672 €/m2),

Faro (1.663 €/m2),

Funchal (1.621 €/m2),

Vila Real de Santo Antônio (1.594 €/m2),

Aljezur (1.592 €/m2),

Lagoa (1.591 €/m2),

Almada (1.576 €/m2),

Amadora (1.563 €/m2),

Silves (1.528 €/m2) e

Matosinhos (1.520 €/m2).

Além disso, a região Metropolitana de Lisboa foi a sub-região com a maior amplitude de preços entre as cidades, variando entre 2.513 €/m2. Sendo o menor valor encontrado na Moita (820 €/m2) e o maior preço em Lisboa.

Outra grande variação dos preços das casas em Portugal foi no Algarve, na Área Metropolitana do Porto e também na Região de Coimbra. Estes locais apresentaram diferenciais entre 1.000 €/m2 entre os municípios.

Locais com maior custo para comprar casa em Portugal

Entre os locais mais caros para saber quanto custa comprar uma casa em Portugal estão Lisboa, as cidades do Algarve e Cascais, que é considerada a Riviera Portuguesa.

No primeiro trimestre de 2020, a cidade de Lisboa registrou o preço médio de casas mais elevado (3.333 €/m2), entre as sete cidades com mais de 100 mil habitantes de Portugal.

Já a cidade de Vila Nova de Gaia (do ladinho do Porto) se destacou por registrar o maior crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior (+20,1%). Já Funchal (na Ilha da Madeira) teve o maior crescimento face ao trimestre anterior (+5,0%).

Desse modo, todas as cidades com mais de 100 mil habitantes em Portugal registraram aumento dos preços dos imóveis em 2020.

Além de Vila Nova de Gaia, houve um aumento significativo em Amadora (+19,9%) e Braga (+16,6%). A cidade do Porto (+11,4%) também registrou um crescimento superior ao valor nacional (+10,5%).

Descubra os lugares mais baratos para comprar casa em Lisboa.

Locais com os preços mais baixos para comprar casa em Portugal

Já as regiões mais baratas para comprar casa em Portugal estão:

Baixo Alentejo;

Alto Alentejo;

Médio Tejo;

Douro.

Os preços médios nessas regiões variam entre € 588 a € 740 o metro quadrado.

Saiba tudo sobre como comprar um imóvel em Portugal.

Quanto custa uma casa em Portugal para comprar

Preços médios por região

Os preços dos imóveis em Portugal podem variar bastante entre construções novas e antigas. Assim, para saber quanto custa uma casa em Portugal é preciso entender das suas regiões e pesquisar bastante.

Além disso, o preço também pode variar significativamente de acordo com o bairro escolhido (freguesias).

Segundo o INE, no relatório das Estatísticas de Preços da Habitação, a cidade de Lisboa registrou a maior diferença entre os preços de imóveis novos (4.379 €/m2) e dos usados (entre 3.231 €/m2 e 1.148 €/m2).

Já no Porto, o preço médio é de € 1.873 o metro quadrado. Conheça os bairros do Porto em Portugal, quais os lugares históricos e os mais charmosos para viver.

O que é preciso para comprar uma casa em Portugal?

Ao saber quanto custa uma casa para comprar em Portugal, você vai perceber que há uma grande vantagem, o valor baixo dos juros no financiamento. Os juros ficam entre 1% a 2% ao ano.

Por exemplo, um crédito habitação de € 100 mil tem prestações de cerca de € 380,00 por mês, em um financiamento de 30 anos.

Normalmente o tempo de pagamento das hipotecas em Portugal varia entre 30 a 35 anos. Já o valor da entrada solicitado pelos bancos é de 10% a 20% do imóvel.

Para um brasileiro conseguir financiar um imóvel em Portugal é preciso ter os documentos para isso: Título de Residência válido ou Cidadania Portuguesa. Além disso, possuir um contrato de trabalho ou comprovativos de rendas suficientes é fundamental para ter o crédito aprovado pelo banco.

Outros comprovativos como as movimentações financeiras desde a abertura da conta bancária em Portugal também contam para o banco fazer a análise de crédito.

Já para os investidores, é possível financiar imóveis em Portugal desde que estes possuam uma boa quantia transferida para a sua conta em Portugal.

Financiar imóvel em Portugal: como conseguir

Por Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.