Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

O tema não é novo e é cada vez maior o apelo global, para a preservação do meio ambiente. Com isso, são diversos os negócios sustentáveis em Portugal que estão a cada dia ganhando mais e mais relevância na comunidade portuguesa e europeia.

A começar pela iniciativa do programa Portugal 2030, cujo um dos objetivos é o incentivo e promoção dos negócios sustentáveis no país, há inúmeras outras ações que visam melhorar as práticas que respeitam o meio ambiente.

Se você se interessa pelo assunto e pretende investir em Portugal, com o objetivo de desenvolver soluções inovadoras e rentáveis, alinhadas com os princípios de desenvolvimento sustentável, esse texto poderá servir de inspiração para você começar a tirar a sua ideia do papel.

Como é a demanda por produtos sustentáveis em Portugal?

Para começar a investir em negócios sustentáveis em Portugal é necessário, primeiramente, verificar se o mercado português é aberto e oferece demanda para isso.

A notícia boa é que sim! 

Segundo um relatório de Transição Ecológica realizado pelo Cetelem – BNP Paribas Personal Finance em parceria com os “Conselheiros do Comércio Externo da França” (CCEF), em 2021, 52% dos portugueses afirmaram consumir de alguma forma produtos sustentáveis.

A tendência é que cada vez mais o consumo de produtos sustentáveis aumente entre os portugueses.

Além disso, essa tendência de comportamento, que tem sido impulsionada, principalmente, pelo aumento da consciência ambiental, social e económica, é o grande incentivo para que as empresas invistam cada vez mais em negócios sustentáveis em Portugal, o que pode ser uma grande oportunidade para quem quer empreender no país. 

Dos produtos sustentáveis mais consumidos pelos portugueses, segundo a pesquisa, destacam-se:

  • Alimentos (62%)
  • Material escolar e de escritório (56%)
  • Produtos tecnológicos (52%)

Por outro lado, há ainda uma fatia de produtos que possui pouca adesão nas práticas de sustentabilidade, como brinquedos, roupa, calçados e outros acessórios (56%), bem como produtos de higiene pessoal, cosmética e maquiagem (51%) e, assim, podem representar uma boa fatia de negócios sustentáveis em Portugal para começar a investir.

Quais os setores em destaque para negócios sustentáveis em Portugal?

Primeiramente, para ser considerado um negócio sustentável, 3 pilares devem ser atendidos:  o ambiental + social + econômico.

No âmbito ambiental, o negócio deve ficar atento para garantir que suas práticas não agridem ao meio ambiente e, se egredirem, como a empresa pode minimizar e reverter o impacto causado. 

Já no social, é com relação ao bem estar e as práticas sustentáveis realizadas pelos colaboradores, fornecedores e parceiros. 

Por fim, a parte econômica é o lucro que a empresa irá gerar a partir de todas essas práticas e como e onde ela irá aplicar tal lucro, para a manutenção da sustentabilidade.

Em Portugal, há inúmeras empresa que já aplicam a sustentabilidade em seus negócios, sendo que os setores que mais se destacam, são os seguintes:

Energias renováveis 

Andar pelas estradas de Portugal é se deparar com muitas hélices de energia eólica em funcionamento, sem contar inúmeras placas solares.

Tudo isso é possível graças às condições geográficas e climáticas do país que favorecem que tais energias sejam cada vez mais consumidas.

Por ser uma grande oportunidade de negócios sustentáveis em Portugal, é um setor que tem atraído muitos investimentos, além de ter criado muitos empregos.

Mobilidade urbana

Apesar de ainda ser considerado um grande mar de oportunidades, já há algumas iniciativas que visam diminuir o impacto da mobilidade urbana no território português, principalmente por conta da poluição.

Ainda que não seja o ideal, mas carros elétricos em Portugal, por exemplo, possuem a possibilidade de serem abastecidos em mais de 1250 pontos espalhados pelo país e o custo para isso é bem mais baixo que o de combustível, quando não de graça em algumas regiões.

Além da facilitação dos carros elétricos, há também o incentivo a soluções inovadoras de transporte, como bicicletas, scooters elétricas, carros compartilhados e transportes públicos mais eficientes.

Agricultura orgânica e agroecologia

Não é novidade que a agricultura e pecuária são grandes vilões da preservação do meio ambiente. 

Assim, práticas que possam manter a alimentação saudável da população, ao mesmo tempo que preserva ao meio ambiente são bem-vindas!

Um dos negócios sustentáveis em Portugal que tem ganhado destaque é justamente, a agricultura orgânica e a agroecologia. 

Esses modelos de produção agrícola são mais amigos do ambiente, mais saudáveis e mais justos socialmente. Além disso, a agricultura orgânica tem ganhado cada vez mais destaque no mercado internacional, o que representa uma grande oportunidade de exportação para os produtores de Portugal.

Moda sustentável

Considerada outra vilã para o meio ambiente, investir em negócios de moda que respeitem práticas sustentáveis pode ser uma grande oportunidade de negócio em Portugal. 

Assim, há uma crescente oferta de marcas de moda sustentável, que têm em conta o impacto ambiental e social e a maioria dessas marcas utilizam materiais reciclados, orgânicos e de baixo impacto ambiental.

Atualmente, já há algumas lojas portuguesas que realizam tal prática, dentre as quais:

Turismo ecológico

Quase 5% do PIB português é decorrente da atividade turística no país e isso pode ter grande impacto no meio ambiente, que variam desde a produção de lixo, até maiores gastos dos recursos naturais.

Apostar em atividades de ecoturismo pode ser uma boa alternativa para um empreendimento inovador e sustentável!

Para promover tal tipo de negócio em Portugal, as maiores oportunidades são encontradas nas regiões rurais e costeiras, onde as hospedagens e atividades promovem a preservação da biodiversidade e a valorização da cultura local.

Como o governo incentiva os negócios sustentáveis em Portugal?

Além de programas mais generalizados, como o Portugal 2030, em que o incentivo de negócios sustentáveis em Portugal é somente uma parte da proposta, o Governo português tem realizado alguns incentivos mais focados na sustentabilidade.

Dentre tais incentivos, podemos mencionar alguns:

Incentivos fiscais

O governo português tem oferecido incentivos fiscais para as empresas que adotem práticas mais sustentáveis, como a redução das emissões de gases de efeito estufa, a melhoria da eficiência energética, a gestão de resíduos e a utilização de energias renováveis. 

Além disso, as empresas que desenvolvem projetos de investigação e desenvolvimento em tecnologias sustentáveis também podem beneficiar de incentivos fiscais.

Subsídios

Subsídios são valores que são dados pelo Governo com o objeto de realização de algum benefício maior para a população.

Assim, o governo português tem oferecido alguns subsídios para as empresas que investem em tecnologias sustentáveis, como a produção de energia renovável, a eficiência energética, a gestão de resíduos e a agricultura orgânica, principalmente quando o valor é destinado para o desenvolvimento de soluções mais sustentáveis. 

Atualmente, tais subsídios são administrados pelo Fundo Ambiental, da Secretaria Geral do Ambiente e, em 2023, foi aprovado mais de 1 bilhão de euros para ser destinado aos negócios sustentáveis em Portugal.   

Programas de capacitação e formação

Se seu objetivo é se capacitar em áreas de sustentabilidade em Portugal, antes de começar a trabalhar ou investir nesse setor, há inúmeras universidades que oferecem cursos sobre o assunto. 

A maioria dos cursos irão te preparar para atuar com sustentabilidade em setores como a energia, mobilidade urbana, agricultura, moda e também tecnologia, já que muitas startups portuguesas possuem foco em ações sustentáveis e oferecem vagas em TI.

Se quiser conhecer algumas opções de cursos, separamos alguns abaixo:

  • Gestão Sustentável, pela Porto Business School (Porto), carga horária de 88 horas, valor do curso:  €3,800

Dos cursos acima, todos te preparam para o mercado português, seja para você trabalhar para alguma empresa ou para tentar empreender com sustentabilidade no país.

Empresas portuguesas que possuem práticas sustentáveis em seus negócios

E pensando em exemplos de empresas lusitanas que já adotam práticas sustentáveis no seu dia-a-dia, podemos fazer destaque para algumas que foram apontadas pelo relatório desenvolvido pelo CDP – Disclosure Insight Action, que avaliou cerca de 15 mil empresas mundialmente.

Jerónimo Martins

Um dos maiores grupos portugueses de supermercados, dona de redes como Pingo Doce e Recheio, recebeu a nota A pelo trabalho que tem feito para combater as alterações climáticas e gestão da água, já que implementou medidas para reduzir o impacto ambiental das suas operações, como a redução do consumo de energia e água e a gestão eficiente de resíduos. 

EDP

A EDP também recebeu nota A no relatório da CDP e se destacou nos parâmetros das alterações climáticas e na gestão de água.

Por ser uma das maiores empresas do setor energético do mundo, que investe fortemente em energias renováveis, como a energia eólica e solar, ela recebe destaque pelas suas práticas sustentáveis. 

Delta Cafés

Por ser líder no mercado de café em Portugal, não podíamos deixar de destacá-la!

Uma das práticas de sustentabilidade adotadas pela Delta Cafés foi o desenvolvimento de soluções para reduzir o impacto ambiental no consumo de café, como a utilização de cápsulas biodegradáveis e a implementação de sistemas de gestão de resíduos.

Além disso, a implementação de práticas  sustentáveis em toda a sua cadeia de produção, desde a produção do café no campo, até a entrega ao cliente final, torna a empresa destaque nos negócios sustentáveis em Portugal.

Todas essas empresas já enxergaram o potencial da sustentabilidade em seus negócios e como essas práticas só são benéficas, pois atraem mais investidores, recebem mais incentivos do governo português, sem contar que ganham mais relevância entre os consumidores.

Por Fernanda Terron

Advogada, escritora e empreendedora na Europa. Sou aquela que deixou a rotina das 09h às 18h em grandes empresas para viver a experiência do desconhecido, primeiro, desbravando Portugal e, hoje, a Alemanha. Nesta vida que levo, descobri que viver pode ser bem descomplicado, dependendo da forma como você enxerga o mundo e das pessoas que você encontra no caminho.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.