Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

O carro possibilita desde viagens proveitosas em família até facilidades em relação ao deslocamento para o trabalho, por exemplo. Se o seu objetivo é dirigir em Portugal para aproveitar a praticidade das ótimas estradas e fazer uma roadtrip em família, ou se a intenção é mesmo morar no país e saber informações a respeito da Carta de Motorista, como funciona o trânsito e quais são as condições das estradas, este é o conteúdo ideal para você. Acompanhe! 

 

Brasileiro pode dirigir em Portugal?

Sim, brasileiro pode dirigir em Portugal e não é necessária a Carteira Internacional em um primeiro momento. Isso porque o modelo de CNH do Brasil pode ser utilizado em Portugal, por um turista. A Carta Nacional de Habilitação apresentada tem, então, a validade de 90 dias, tempo em que é permitida ao viajante a permanência em Portugal de forma legal. Este prazo pode, ainda, ser estendido por mais 90 dias.

Agora, quando o caso é de um brasileiro que pretende fixar moradia em terras portuguesas, vale dizer que o Decreto-Lei n.º 2/2020, publicado em janeiro de 2020, alargou para dois anos o período limite de transferência da Carta de Condução do Brasil para Portugal. É preciso , claro, comprovar a residência em território português.

O procedimento correspondente à transferência começa pela solicitação da Declaração de Autenticidade e Validade da CNH no Consulado Brasileiro. Este documento informará a categoria e a validade da sua Carta de Habilitação no Brasil.

Cuidados ao dirigir em Portugal

No que se refere às autoestradas, muita precaução. Se você fizer uma viagem entre Lisboa e Porto, por exemplo, terá de ter cuidado para não exceder o limite de velocidade. Como as autoestradas são excelentes, facilmente você poderá dirigir em Portugal a 200 km/h e nem perceber. Portanto, cautela nunca é demais.

O limite de velocidade para dirigir em Portugal nas autoestradas (rodovias duplicadas ou via expressa) é de 120 km/h. Já nas estradas nacionais (sem pedágio e passando por dentro da cidade) o limite é de 70 km/h. A fiscalização existe e é realizada por câmeras, radares fixos e móveis e viaturas de polícia. Inclusive, a polícia costuma utilizar carros descaracterizados para monitorar as estradas portuguesas.

Por lei, nas autoestradas a faixa da esquerda deve estar livre, exceto quando o motorista estiver fazendo uma ultrapassagem. Deste modo, mesmo que a estrada esteja vazia, você deve se manter na faixa da direita durante a viagem.

Outro detalhe que vai notar ao dirigir em Portugal é que não existem buracos ou qualquer outro obstáculo. Além disso, as placas de publicidade são raras e a poluição visual não consegue atrapalhar a condução entre as cidades.

Há também menos postos de gasolina ao longo dos trajetos. Eles não são tão abundantes como no Brasil e, em Portugal, você terá de fazer algum planejamento em relação ao combustível do seu veículo, no momento da viagem. Mas existe uma significativa sinalização para encontrar os locais de abastecimento e você poderá se deparar com indicações dos preços dos postos de combustíveis.

Alugue um carro e curta dirigir em Portugal

Para visitar Portugal com segurança e obedecendo ao seu próprio roteiro, alugue um carro. A razão que conta a favor é simples: a facilidade de locomoção pelo país europeu fará com que você conheça muitas cidades, em um tempo reduzido.

Os transportes públicos em Portugal são muito eficientes, mas se o tempo da sua estadia for curto, alugar um carro pode ser a melhor alternativa.

Fazer uma viagem de carro por Portugal é a forma mais simplificada de conhecer todo o país. Se você ainda está na fase de planejamento, reserve pelo menos sete dias para conhecer Portugal. O país europeu possui paisagens belíssimas e uma riquíssima herança cultural.

Como bem dito, as estradas são excelentes para dirigir em Portugal e normalmente só há trânsito nas maiores cidades (Lisboa, Porto, Braga, Coimbra), nos horários de pico. O interior de Portugal é igualmente encantador e visitar as cidades pequenas, as vilas e aldeias, resulta em um programa excelente para fugir dos locais tradicionalmente turísticos.

Sobre o site mais indicado para o aluguel do automóvel, destaca-se o da Rental Cars, que é uma das opções mais baratas. Você pode, por exemplo, pegar o carro em Lisboa e devolver no Porto. Não precisa voltar à cidade inicial. Sendo assim, no site desta empresa, você pode selecionar a categoria do carro e escolher o que melhor combina com seu bolso. O preço médio de uma diária é de € 20,00.

Uma dica importante é fazer um seguro do carro de cobertura superior, no momento em que for locado. Desta maneira, você fica coberto pela franquia do carro de roubos, danos nas janelas, espelhos, rodas, pneus, etc. Além disso, com o seguro do carro, não precisará bloquear um valor de depósito no seu cartão de crédito (que pode chegar a € 1.500,00 de bloqueio até a entrega do carro e precisa ser feito no nome do motorista).

Via Verde e SCUTS

A dica mais valiosa para quem vai alugar um carro e dirigir em Portugal é: opte por um Via Verde, que dá a permissão para passar nos pedágios (chamados de portagens, em Portugal). Isto fará com que você evite qualquer dor de cabeça com os pedágios, pois poderá passar direto por eles e, depois, ser cobrado do valor através do cartão de crédito.

A vantagem de ter o Via Verde é que você não precisa ir atrás de uma rede PayShop (ou Correios CTT) para pagar os SCUTS depois. Os SCUTS são um sistema de cobrança de pedágio, em que você não pode pagar na hora. O leitor tira uma foto da sua placa e você precisa lembrar-se de pagar em até cinco dias posteriores.

Com o Via Verde, tudo é cobrado no seu cartão de crédito e você não precisa se preocupar com as portagens em Portugal. O valor do pedágio de Lisboa para Porto sai em torno de € 44,40, ida e volta.

Dirigir em Portugal dicas e cuidados especiais ao viajar, via verde, scuts
Estrada com Via Verde (Foto Dicas de Lisboa)

Diferenças Portugal X Brasil

Uma das curiosidades em dirigir em Portugal: quase não há lombadas ou quebra-molas (físicos) em Portugal. Grandes cidades, como São Paulo, priorizam o rodízio de carros, mas isto também não ocorre neste país europeu.

No entanto, quem dirige em Portugal precisa ter em mente que em primeiro lugar vem os pedestres e os ciclistas. Isso é regra geral. Portanto, se você estiver caminhando por uma cidade portuguesa, perceberá que os motoristas tendem a ser muito respeitosos com os pedestres. E o fato ocorre realmente, já que os condutores param nas faixas de pedestres, são cordiais e deixam a pressa de lado em prol dos indivíduos que estão a transitar a pé.

A segurança também se caracteriza por ser um grande fator positivo nos municípios. Durante a noite, é aceitável estacionar o carro na rua. As cidades portuguesas são consideradas seguras. Apenas evite deixar pertences à mostra e redobre o cuidado se estiver em locais maiores, circulando por Lisboa ou Porto. É bom não dar sorte ao azar, concorda?

Mais um lembrete: diferentemente do Brasil, ao adquirir um carro em Portugal é preciso obter um seguro obrigatório. Os valores médios, por ano, são de 150 €. Contudo, os preços dependem de uma variação que leva em conta o modelo do carro e a idade do motorista. Não é usual fazer seguros totais de veículos, em Portugal.

Por Naiara Andrade

Naiara Andrade é brasileira, catarinense e jornalista. Tem experiência em produção de conteúdo, mas também em outras atividades nas áreas da Publicidade e do Marketing Digital. Já morou na Irlanda, onde aprimorou um segundo idioma. Atualmente reside em Portugal e cursa Mestrado em Comunicação Estratégica, na UBI. Apesar de gostar muito do mar, Naiara aprendeu a apreciar as montanhas. Apaixonada por música, ela adora viajar, curte cinema e está sempre aberta a novos desafios pelo caminho.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.