Horário de Lisboa: € Cotação: Euro Hoje

No começo de outubro, Portugal entrou na terceira fase do desconfinamento, com novas regras de distanciamento social, uso de máscara e reabertura do comércio. Naquele momento, mais de 80% da população já estava vacinada. Porém, como era esperado, o desconfinamento trouxe um aumento de casos de Covid-19, levando à 5ª onda da pandemia. Agora, para conter a proliferação do vírus, o Governo anunciou novas medidas restritivas em Portugal

As novas medidas em Portugal para o combate à pandemia

A partir de 1º de dezembro, Portugal entrará em estado de calamidade. O Governo anunciou que fará a “semana de contenção de contatos”, de 2 a 9 de janeiro, pois essa semana é considerada de grande risco ao aumento de infectados devido às reuniões familiares de Natal e Ano Novo.

As novas medidas em Portugal incluem a volta da obrigatoriedade de apresentação de certificado digital (vacinação, recuperados ou teste recente) para entrada em restaurantes, estabelecimentos turísticos, hotéis, lares de idosos, hospitais, alojamento local e eventos com lugares marcados. 

“É fundamental que as pessoas sintam segurança a ir ao restaurante, às compras, a fazer a vida normal. O certificado [digital] não é uma barreira, é pelo contrário, uma garantia de segurança e que podemos estar em segurança”, destacou o primeiro-ministro António Costa, na reunião do Conselho de Ministros no dia 25 de novembro.

Entre as novas medidas em Portugal para o combate à pandemia também estão:

  • A volta da obrigatoriedade do uso de máscara em todos espaços fechados;
  • O prolongamento das férias escolares de fim de ano (voltam somente dia 10/01);
  • A obrigatoriedade de teletrabalho;
  • O novo fechamento de bares e discotecas (que já tinham reaberto).

“Apelamos a todos que limitem os seus contatos fora do seu universo familiar. Se há coisa que temos de evitar, é termos um janeiro de 2022 que sequer se aproxime do trágico janeiro de 2021. Por isso, na semana seguinte à passagem de ano, entre os dias 2 e 9 de janeiro, teremos uma semana de contenção de contatos”, afirmou o primeiro-ministro.

O que muda para os brasileiros que vêm para Portugal?

Para quem está com viagem marcada para Portugal em dezembro, não precisa se preocupar. A entrada de brasileiros no país continua com as regras de combate à pandemia em Portugal que já estavam sendo exigidas. Os visitantes portadores de passaporte brasileiro continuam a entrar em Portugal somente com um teste PCR (72 horas antes do voo) ou antígeno (48 horas antes) negativo. 

Aliás, não só para brasileiros residentes em Portugal, mas para portugueses e outros europeus, antes era possível entrar em Portugal somente mostrando o certificado de vacinação da UE, mas agora terão também que apresentar um teste negativo, seja para viajar via terrestre, marítima ou aérea.

Para garantir ao máximo o cumprimento dessa regra, o governo português aumentou a multa às companhias aéreas que não checarem a documentação de cada passageiro.

Primeiro-ministro elogia cidadãos no combate à pandemia em Portugal

António Costa, em seu anúncio sobre as novas medidas para o combate à pandemia em Portugal, elogiou os cidadãos, mostrando-se compreensivo com as idas e vindas das normas de segurança e todas as alterações que elas já provocaram na rotina de todos.

“Há uma coisa de que todos os portugueses têm a noção: é o seu próprio comportamento que controla a evolução da pandemia. Além daquilo que é a proteção farmacológica da vacina. Obviamente que quando há menos restrições, há maior responsabilidade individual. Os portugueses têm dado um exemplo extraordinário ao longo destes quase dois anos e não temos razões para descrer na determinação e resiliência dos portugueses”.

Graças à responsabilidade da maioria da população que se vacinou, os números de internações e de óbitos foram bastante reduzidos nos últimos meses com relação a outros países. Mesmo assim, essas novas medidas em Portugal se fazem necessárias frente à chegada do inverno e ao aumento de casos, após o desconfinamento que ocorreu em outubro e novembro. Ao final da semana de contenção de contatos, veremos as próximas orientações.


Por Pri Fortinho

Sou uma brasileira de Santa Catarina, graduada em Publicidade e Propaganda e especializada em redação criativa. Em 2017 me mudei para Portugal com o objetivo de conhecer novas culturas e refinar minha perspectiva sobre o mundo. A mudança de país me apresentou a um estilo de vida mais minimalista e à oportunidade de trabalhar produzindo conteúdo para inspirar as pessoas a buscarem mais qualidade de vida e bem-estar.

Envie sua mensagem! Responderemos assim que possível.

SOBRE NÓS

O portal Nacionalidade Portuguesa é um canal de conteúdo exclusivo e atualizado sobre Portugal.

Para procedimentos jurídicos e administrativos, envolvendo a mudança de país, aquisição da Nacionalidade Portuguesa, vistos de residência, abertura de empresas, ou qualquer outro procedimento necessário no Brasil ou em Portugal, é indicado o escritório Martins & Oliveira Sociedade de Advogados.

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa, com atuação em Portugal, Itália e Espanha.

Conheça mais sobre o trabalho no site www.martinseoliveira.com.br.